Real Noroeste F.C | Gilmar Estevam cita divergências de ideias com diretoria para sua saída

Segundo técnico a cair na Copinha deste ano alegou interferências do presidente sobre seu trabalho

Segundo Gilmar Estevam (à direita), filosofia do presidente Flaris da Rocha (à esquerda) não o agradava (Foto: Montagem/GloboEsporte.com/es)

Bernardo Barbosa

Contratado para a disputa da Copa Espírito Santo após a boa campanha de Vevé no Estadual, o técnico Gilmar Estevam durou apenas seis jogos a frente da equipe Merengue. No último dia 5, ele mesmo pediu desligamento do clube.

Segundo Gilmar, as ideias da diretoria não estavam de acordo com as que ele tinha e isso vinha afetando o seu trabalho dentro das quatro linhas.

“O cara (Flaris da Rocha — presidente do clube) tinha a filosofia dele de trabalhar e a minha estava indo bem, tudo tranquilo. Aí começou a mexer em muita coisa que não dava certo, conversamos e resolvi vir embora”.

A campanha do então treinador deixou o Real na ponta da chave A, com 13 pontos ganhos. Em seis jogos foram quatro vitórias, um empate e uma derrota. Porém, mesmo assim, Gilmar disse que o presidente interferia no trabalho.

“Interferia no que eu estava fazendo e na minha forma de trabalhar. A gente administra, mas dentro de campo tem que ser comigo até para se ter o respeito dos atletas. Por isso achei melhor sair, apesar do time estar em primeiro lugar. Mesmo assim, tenho certeza que o elenco vai chegar”, concluiu Gilmar.

O outro lado
Procurado pela reportagem, o presidente Flaris da Rocha afirmou a versão do ex-treinador. “Foi isso mesmo que ele falou, sobre a filosofia do clube. O time não vem “dando liga””, limitou-se a dizer.

Diante da derrota por 2 a 0 fora de casa, contra o São Mateus, na última rodada, quem assumiu o comando técnico foi o auxiliar fixo da comissão técnica do clube, Fabão. Ex-jogador que atuava pelo clube desde 2010, jogou o Estadual no primeiro semestre e agora está focado na carreira de treinador.

Like what you read? Give Arquibancada Capixaba a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.