Técnicas de encadernação artesanal

Nesse artigo você vai conhecer diferentes e curiosas técnicas de encadernação artesanal desenvolvidas ao redor do mundo. Muitas dessas técnicas sobreviveram até hoje, grande parte, devido a dedicação de muitos estudiosos que não queriam que todo esse conhecimento vira-se cinzas. Muitas dessas técnicas foram passadas dos mestres para os aprendizes, que por sua vez se tornam aptos a passar esse conhecimento adiante.

É importante explicar que existem dezenas de técnicas de encadernação artesanal e cada uma tem particularidades que refletem a região geográfica e o período histórico onde cada estilo foi desenvolvido. E o mais impressionante é que na época, que cada técnica foi criada, os materiais e as ferramentas eram muito mais escassos e difíceis de obter.

Atualmente existem as técnicas de encadernação industrial, mas nesse artigo irei abordar as técnicas artesanais porque elas são únicas e não existe tecnologia, no mundo, que seja capaz de alcançar a perfeição e a singularidade dessa arte.

Em geral as técnicas de encadernação artesanal são mais versáteis do que as técnicas industriais por 3 GRANDES motivos:

► 1 Funcional: Cada técnica de encadernação é apropriado para determinado uso e quando o caderno é projetado com a costura certa a peça se torna muito mais duradoura, confortável e prazerosa de usar;

► 2 Estético: Porque são muito mais atraentes, bonitos e charmosos;

► 3 Customização: Cada elemento do caderno pode ser customizado desde as folhas até a capa e costura.

Curioso pra ver as técnicas artesanais? Então vamos em frente…

01 — Girdle

tecnica-girdle

Crédito foto: http://eidolonhouse.com/new-products-1/medieval-girdle-blank-book

*Tradução: Girdle (Inglês) = Cinturão (Português)

Essa técnica é bem curiosa por isso merece uma breve explicação, ela foi desenvolvida no período medieval com a intenção de tornar os livros/cadernos mais fáceis de serem transportados, eles podiam ser carregados presos no cinturão e com isso as mãos ficavam totalmente livres.

Com o passar do tempo ele também foi utilizado como objeto de moda e muitas mulheres usavam esse tipo de livro/caderno incrustado com jóias. ( link → documento extra, em inglês, sobre a Girdle)

Essa técnica é feita com couro ou tecido que passa dos limites da capa do livro ou caderno e termina com um nó no final.

02 Skewer

tecnica-encadernacao-skewer

Crédito foto: http://papelmarcante.blogspot.be/

*Tradução: Skewer (Inglês) = Espeto (Português)

A técnica Skewer é fácil de ser identificada devido a uma longa peça de metal ou madeira que é utilizada para conectar todas as folhas do livro/caderno.

Esse tipo de encadernação permite que as folhas sejam facilmente abertas por mais de 180 graus. Ela é uma alternativa, criativa e diferente para, por exemplo, livros de mensagens para festas porque eles podem fazer parte da decoração do evento e depois podem ser desmontados e encadernados permanentemente.

03 Coptic

tecnica-copta

Tradução: Coptic (Inglês) = Copta (Português)

Uma das características mais marcantes dessa técnica é a costura transada que fica visível na lombada. Essa é uma técnica funcional e também decorativa. Essa técnica tem algumas variações entre elas a Copta Etíope que é construída com 2 ou mais agulhas. Para aprender mais sobre a costura Copta veja este livro clicando aqui.

04 Longstitch

tecnica-longstitch

Crédito foto: http://craftyady.blogspot.com.br/

Uma das principais características dessa técnica é a costura longitudinal que fica aparente na lombada. Existem algumas variações da Longstitich tradicional como a Buttonhole.

05 Japonesa

tecnica-japonesa

Crédito foto: http://www.deconstructed.org.uk/projects/BOOK-Notebooks/Notebooks.php

A técnica de costura Japonesa é formada por um conjunto de costuras sendo que cada uma gera um desenho diferente na capa do caderno. Na costura Japonesa não é necessário dobrar as folhas ao meio.

06 Belga Secreta ou Criss-Cross

tecnica-belga-secreta

Crédito foto: http://backdoorbooks.blogspot.com.br/

*Tradução: Criss-cross (Inglês) = Entrecruzamento (Português)

A característica mais marcante da Belga secreta é que a capa, contra capa e lombada podem ser feitas separadamente, mas quando unidas dão a ilusão de que foram feitas juntas. Por essa característica podem ser utilizados outros materiais na capa como madeira, acrílico etc.

07 Diamond

tecnica-diamante

*Tradução: Diamond (Inglês)= Diamante (Português)

A característica mais marcante desse estilo é o desenho que a costura forma na lombada que lembra o simbolo diamante da carta de baralho.

08 Leporello ou Sanfonado

tecnica-leporello

O curioso dessa técnica é a não utilização de linha para encadernar e o que mais marca esse estilo são as uniões entre as folhas que causam a ilusão de serem formados por uma única folha muito comprida.

09 Romanesque

tecnica-romanesca

Crédito foto: https://www.etsy.com/pt/listing/114849965/custom-romanesque-braid-binding-blank?utm_source=Pinterest&utm_medium=PageTools&utm_campaign=Share

*Tradução: Romanesque (Inglês)= Romanesca (Português)

A característica mais marcante desse estilo de encadernação é o desenho cruzado formado pelas linhas que fixam os conjuntos de folhas e a capa.

10 Triple chain

tecnica-triple-chain

Crédito foto: http://myhandboundbooks.blogspot.com.br/

*Tradução: Triple chain (Inglês) = corrente tripla (Português)

Essa técnica só pode ser usada para costurar 3 conjuntos de folhas ou múltiplos de 3. A principal característica dela é a ligação entre as linhas que lembra as conexões que existem entre os elos da corrente.

11 Springback

tecnica-springback

Crédito foto: http://www.bainbridgeconservation.com/

*Tradução: Springback (Inglês) = Retornar a forma original (Português)

Essa é uma técnica de costura embutida. O grande diferencial desse estilo é a flexibilidade que ele dá ao livro/caderno permitindo que ele fique perfeitamente aberto sobre a mesa por causa da separação entre a lombada da capa e a do miolo. Os livros tradicionais tendem a fechar não conseguindo repousar abertos sobre a mesa.

12 Limp

tecnica-limp

Crédito foto: http://ninajudin.com/2006/03/26/logbook-for-an-adventurer/

Essa técnica é utilizada com uma capa flexível como tecido ou couro. As folhas do caderno/livro são costuradas com uma linha que prende em uma corda que depois são laçadas na capa para unir o conjunto.

Qual das técnicas você gostou mais? Deixa um comentário abaixo:

CTA_comentario_artigo (2)

Originally published at Arte com Papapel.