Parabéns pra você!

Nessa data querida, muitas felicidades, muitos anos de vida. Eeeeeeh!

- Parabéns pra voc…

Aniversário é uma parada muito tensa. Ele é seu dia de nascimento e uma data séria demais para seus pais. O estranho disso tudo é que me sinto feliz por estar vivo, mas não vejo necessidade em comemorar.

Geralmente quando se é pequeno os adultos costumam comemorar seu “mêsaversário” pós-nascimento. Depois comemoram o ano de aniversário. Com o crescimento comemora-se a década de aniversário e por aí vai. Não é necessariamente ruim, só é trabalhoso.

Reunir um bando de gente num lugar parece ser uma boa ideia em primeira instancia, mas pode ser terrivelmente decepcionante e desastroso. Primeiro vamos com a parte principal, os seus convidados comparecerão? Oh boy, quantos aniversários tristes eu vi isso acontecer.

- Lula Molusco, Lula Molusco, Lula Molusco, Lula Molusco… (eterno)

A pessoa faz todo aquele glamour e planejamentos para receber os convidados de forma majestosa, para no final irem 3. Isso é mais comum que possa imaginar. A dica é, chame somente aqueles que fecham contigo de verdade. Mesmo aquele amigo arriscado, já descarte de início ou chame sem expectativa.

Local. O local é primordial. Deve ser bem pensado e esquematizado. Para isso acontecer o fator “comemoro ou não” depende unicamente de uma coisa: dinheiro. Nesse momento deve-se imaginar todos os cenário possíveis para tal. Churrasco, festinha, barzinho, balada, cada um tem seu custo e benefício.

Churrasco é simples, cada um leva uma bebida mais 1kg de algo e está feito. Barzinho é menos complicado ainda, você nem precisa limpar nada; cada um paga sua conta e está feito. Balada é praticamente um barzinho, só que irá dançar, preocupação zero. Já a festinha…

A festinha é bancada pelo próprio aniversariante, logicamente. Não adianta vir com “cada um leva uma coisinha”, não, camarada. As coisas não tende a ir por este caminho. O máximo que pode acontecer é “levem um engradado”. Caso isso seja “levem um refrigerante” já não pega bem. Incrível não?

Como é algo que só depende de você realizar, terá de se preocupar com a locação, quantidade de comida, variedades de comida, quantidade de bebidas, variedades de bebida e dependendo das circunstâncias a lebrancinha será necessária. É meu caro, as coisas são difíceis…

Olhando por outra perspectiva, se tudo isso der certo, independente do local e o comparecimento dos convidados desejados (observe bem que eu mencionei D E S E J A D O S, ou seja, essenciais), tudo sairá perfeito aos seus olhos. Não importa as condições adversas apresentadas durante a festividade, a coisa será positiva no final das contas.

- Sua Tia-avó do Nepal que é chata pra caraca não vem!

Então amiguinhos, pensem bem antes de comemorar seus aniversários, dica do tio.

Like what you read? Give Arthur Renan a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.