Primeiros passos de um DEV com Docker [Parte 1]

Analisando um dos posts que havia escrito há algum tempo, resolvi fazer um ponto de controle entre o que me propus a aprender e o que já havia desmistificado.

Analisando os objetivos, vejo que até o dado momento consegui aumentar meu conhecimento nos seguintes tópicos:

  • DevOps;
  • Docker;
  • Programação Funcional;
  • Grails;
  • Groovy;
  • Jenkins;
  • JSF;
  • Microservices;
  • Spring Boot;
  • Spring Data;

Sendo o aumentar o conhecimento não necessariamente o domínio da tecnologia em questão.

Gostaria então de relembrar uma frase que eu havia dito no post acima:

Algumas delas [as tecnologias] podem estar lá e eu nem conseguir aplicá-las em projetos, outras por serem buzzworlds, mas de qualquer forma, vejo um programador multidisciplinar como alguém com vantagens profissionais e pessoais, afinal, você terá acesso a novas perspectivas e formas de enxergar uma realidade.

A grande pergunta que refaço é: Como separar uma tecnologia necessária de um hype ou buzzword?

Buzzword Bingo

A resposta não é muito simples, mas um ponto a ser levado em consideração é a resposta do mercado e de outras pessoas formadoras de opinião a tal tecnologia.

Um post interessante, por exemplo, é esse do Takipi blog. É interessante notar que apesar de não ser uma publicação recente, o exposto poderia ser escrito nos dias de hoje:

A fim de me aprofundar sobre o assunto, resolvi então seguir a mesma estratégia exposta anteriormente:

Como tenho executado as tarefas acima? Uma das maneiras que sempre me ajudaram foram cursos.
Outra maneira que tenho utilizado é a reimplementação com projetos elevando-se o nível das tecnologias utilizadas. Já que tenho vontade de aprender JSF, e tenho um curso disso (no meu caso um curso que eu havia feito na Caelum), porque não implementar tal curso com outras tecnologias que também tenho interesse de aprender? Foi assim que um “simples” curso de JSF com JPA utilizando-se alguns JARs disponibilizados em pastas se transformou em um curso de JSF com JPA com Spring-Boot com Spring-Data com Maven.

Esse é o primeiro de uma série de posts que tratarei sobre o assunto, a principio já até havia criado um repositório no GitHub para gerenciar um projeto, mas resolvi apagá-lo e criá-lo de novo, e você pode segui-lo aqui:

Desejo integrar algumas tecnologias para me aprofundar em um curso que eu estou fazendo. Por serem coisas novas para mim, caso eu esteja me equivocando, sinta-se à vontade de me corrigir.

No próximo post darei mais detalhes sobre a tecnologia que pretendo aplicar

Até lá