Boletim Focus 24/08/2018

Os economistas das instituições financeiras aumentaram sua estimativa para a inflação oficial do país desse ano (2018), ao mesmo tempo em que também reduziram sua previsão de alta do Produto Interno Bruto (PIB) de 2018.

Essas expectativas constam no mais recente boletim de mercado, também conhecido como relatório “Focus”, divulgado nesta segunda-feira (27) pelo Banco Central.

Inflação

Em relação ao Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), a inflação oficial do país, os economistas do mercado financeiro elevaram sua estimativa de 4,15% para 4,17% para esse ano (2018).

Já para 2019, os economistas das instituições financeiras subiram sua estimativa de inflação estável de 4,10% para 4,12%.

Taxa de Juros

O mercado manteve estável em 6,50% ao ano sua estimativa para a taxa básica de juros da economia, a Selic, ao final de 2018 — atual patamar e piso histórico.

Para o fim de 2019, a expectativa do mercado financeiro para a Selic continuou em 8% ao ano.

Câmbio

A expectativa dos analistas do mercado financeiro para a taxa de câmbio no fim de 2018 avançou de R$ 3,70 para R$ 3,75 por dólar.

Quanto a expectativa para o fechamento de 2019, a taxa de câmbio ficou estável em R$ 3,70 por dólar.

Produto Interno Bruto (PIB)

Quanto ao resultado do PIB em 2018, os economistas dos bancos baixaram a previsão de crescimento de 1,49% para 1,47%.

Para o ano que vem (2019), a expectativa do mercado para expansão da economia continuou em 2,50%.

TOP 5

Entre os analistas do grupo Top 5 de médio prazo, a estimativa para a inflação deste ano subiu de 4,16% para 4,17%, mas a de 2019 foi mantida em 4,20%.

Já a projeção para a Selic deste ano (2018) ficou em 6,50%, mas a de 2019 subiu de 7,63% para 7,75%.

Esse grupo de economistas não mexeu nas projeções do dólar para o fim de 2018 e 2019, que permaneceram em R$ 3,50 e R$ 3,51.



Boletim Focus selecionado por Artur Prado, sócio e assessor de investimentos na Monte Bravo Investimentos.
O Boletim Focus é o relatório divulgado semanalmente pelo BC e sempre tem como base pesquisa feita com economistas na semana anterior à da divulgação. Mais de 100 instituições financeiras são ouvidas.
O Boletim Focus é uma peça importante para manter alinhadas as expectativas do mercado sobre o rumo da economia e o trabalho do BC de manter a inflação sob controle.