Equilíbrio

Germinei infinitas vezes
dentro de mim,
e em todas elas nasci amor
para rasgar a fenda do Tempo,
transcender o corpo, a carne e o espaço,
e entender enfim, 
que dói amar
demais.