Rosas brancas pintadas em carmim

Neblina estranha, que lugar é esse?
Ouço vozes sobre os meus ombros e nada parece fazer sentido.

Me pergunto: “Por que fizemos disso uma corrida?”
Diariamente correndo em círculos.
Esse nosso jeito engraçado de encontrar a queda.

Tentei abrir meus olhos e esperei uma chance pra fazer do jeito certo.

Quando acordei, o sonho ainda não havia acabado,
Quero ver seu rosto e saber que fiz dele meu lar.
Se nada é verdade o que mais posso fazer?

Eu ainda pinto flores por ti.

Mostrei minhas cartas e entreguei meu coração.
Queria que pudéssemos começar tudo de novo, mas nada parece fazer algum sentido.

Entendi tudo que você disse, mas não quero perder a cabeça outra vez.