— — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — —
 Três linhas de silêncio por favor, um poeta morreu.

Eu deveria rimar alguma coisa em sua memória. Descrever despedida em versos. Mas o talento de Ferreira Gullar, senhoras e senhores,
não cabe num poema.

Like what you read? Give Elizabeth R. Auer a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.