A maior parte de toda gente me conhece como O Grande Mentiroso, outra parte me conhece por Iludido.
Como me chamam não vem ao caso, prefiro me explicar pelo que faço.
Minha ocupação é plantação.
Reconheço o mundo como um vasto campo, e toda gente que há nele é terra.
Semeio sonhos em todas que encontro.
São sementes invisíveis, nascerão somente em terras regadas de fé. Quais serão regadas? Quem saberá?
Quando serão arvores? Levam um bom tempo para crescer. Mas quando crescem! Ah! amigo meu! Você não faz ideia da arvore que dá.
Tão palpável, tão concreta, tão enraizada, tão estável!
Sonhos são sementes invisíveis que produzem frutos notáveis, nunca desistirei de plantar.

Like what you read? Give Elizabeth R. Auer a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.