Entre dois lados

Abro os olhos no escuro da madrugada
apenas acho estranho mas ainda não tenho medo
estranho meu corpo e minha voz
com se eu não fosse eu
mãos invisíveis me tocam
muitas vozes estão na minha mente
minha visão fica diferente…

parece que um véu foi rasgado
e um outro mundo está me assediando
agora minhas sensações estão multiplicadas
ainda procuro uma explicação…

mãos que tocam minhas mãos
invisíveis…