SENAI abre espaço para compartilhamento da minha história de empreendimento na área Adulto (+18)

O sonho do dono de Startup é ter uma empresa comprada, o que você realmente pensa em fazer com esse dinheiro?

Para quem caiu aqui sem saber quem é o Avelino, sou ex-dono do sambaporno.com (agregador de conteúdo Adulto, a inteligência é categorização) onde tínhamos média 55 milhões de pageviews/dia, para entender da evolução tecnológica do Samba veja o vídeo abaixo.

Hoje (dia 10/12/2016) tive o prazer de bater um papo com os alunos (futuro empreendedores) do SENAI, foi uma palestra onde eu contei minha história no mundo de empreendedorismo indo da concepção do projeto até venda para uma grade empresa de fora do Brasil, abrindo algumas tomadas de decisão onde precisava fazer o site dar dinheiro para pagar os gastos. O Samba nasceu como um site pessoal e isso me gerou alguns problemas, pois não encarava como um negócio e sim como um brinquedo pessoal (a bola é minha, se eu jogar ninguém joga).

Devemos variar nossos investimento, Filmow entrou na minha carteira de investimento por esse motivo

Depois de anos fazendo o Samba acontece eu resolvi abrir meu leque de negócios e entrei de sócio no Filmow (rede social para cinéfilo), foi uma ótima experiência em lidar com usuários conectado onde a página precisa ser customizada para cada cliente, estamos em processo de atualização do sistema atual (escrito em Python e banco de dados PostgreSQL) para usar menos recurso de servidor, usando processamento concorrente.

Falei como é o meu processo de selecionar a tecnologia que vou usar para fazer determinado projeto, se meu projeto (startup) está nascendo agora eu vejo o que é mais rápido para colocar no seu, sem pensa em escalabilidade e/ou qual quer tipo de tecnologia muito avançada. Empreender é ter risco então precisamos minimizar ao máximo nosso risco.

Para finalizar falei um pouco para usarmos projetos open source para acelerar o processo de colocar o MVP em produção, mas precisamos sempre está atento com a licença do software que estamos usando, se esse software X tem licença restritiva em colocar esse código comercialmente isso pode ser um problema na hora de colocar cliente usando seu software.

Após a palestra, gravamos um vídeo para página do Facebook do SENAI onde falei aonde vejo que devemos focar esforços nos próximos anos (o que vejo do futuro):

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.