Mínimo do notório

Temeria ver duvidosas causas que distanciam fomentos e arremessam barbáries. Amanheci de olhos colados, calados por não querer ver o óbvio. Ainda que tentasse pingar colírio aos olhos meus… Convidei os fragmentos necessários pra restaurar o mínimo do notório, imobilidade em pleno movimento.

Verificava o rastro gasto numa estrada, noite fria e pensamentos mudos. As facilidades eram tantas que nem percebia o acesso único.

Ele queria correr dali, porque tinha um nó no peito…um tufão que borbulhava amor.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.