Poemas Quânticos pras Poeiras dos Cantos da Alma — 99 decibéis de Presença Mágica

Subversão das profecias óbvias numa sensibilidade ímpar e troféus míticos caramelizados em uma alma devota. Noção lúdica de uma vida feita em proparoxítonas e invenção de parlendas e paródias.

Novidades trucidadas em tintas, cenas e mantras poderosos.

Poemas e linhas de baixo. E uma banda das mais lindas canções pra curar a fome de cura dos corações sedentos. Rasuras morfogenéticas pras rachaduras e fusões e confusões notórias.

Chacoalhar o cotidiano como se fosse o herói de si mesma. Turbina ligada no frenesi famigerado do dom tosco. Comitê dos que perderam o medo de errar.

Ressuscitando a triptamina da mente, criaturas livres por excelência. Verbo liberto. O fabuloso mistério do movimento e a frequência silenciosa que costura a postura. Torneio mágico de uma montanha e o convite de vibrar em silêncio.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.