A indústria de cosméticos no mercado atual

Para ganhar destaque em meio a um setor que fatura bilhões por ano e cuja concorrência é cada vez mais acirrada, enxergar um nicho diferenciado e ainda pouco explorado pode ser o grande pulo do gato. Essa é a aposta de grandes marcas nacionais e internacionais, que decidiram investir na diversidade para crescer em 2018.

Enquanto na moda as grifes ostentam coleções sem gênero, na beleza a bola da vez são linhas de maquiagem inspiradas nos mais diversos tons de pele. Até pouco tempo atrás, as bases, pós compactos e corretivos obedeciam uma cartela de cores bastante restrita, o que limitava o uso, sobretudo entre as mulheres negras, que nem sempre encontravam um tom adequado à sua pele.

Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 53,6% da população brasileira é formada por negros e pardos, o que representa cerca de 110 milhões de pessoas, mais da metade da população total. Não se trata apenas de uma tendência, mas de uma realidade do mercado.

A marca norte-americana de maquiagem e skin care NARS Cosmetics lançou no Brasil sua primeira linha de bases em bastão composta por 20 tons de nude. O plano da empresa é chegar a 33 cores em 2018 e lançar seis novas cores de corretivo e um estojo com seis tons de iluminadores. Com representatividade ainda tímida no país, a marca espera ampliar sua presença no mercado brasileiro com os lançamentos. Nos últimos três anos, a NARS cresceu dois dígitos e planeja manter o ritmo até 2020.

Seguindo a mesma linha, a Natura ampliou a cartela de cores de suas bases da linha premium Una e lançou 18 novas tonalidades com opções de efeito luminoso ou matte. As cores são divididas em tons claros, médios, castanhos e escuros, sendo que os dois últimos são específicos para pele negra.

Já O Boticário incrementou o seu portfólio agregando novos tons a algumas de suas linhas. A Make B., por exemplo, conta com a tecnologia Color Adapt, que, segundo a marca, se ajusta aos diferentes tons de pele, proporcionando um aspecto uniforme e natural. O Boticário também alimenta o blog Viva Linda com diversas dicas de maquiagem para todos os tipos e tons de pele.

A Vult Cosmética, que já possui em seu portfólio uma linha de bases de alta cobertura composta por 16 diferentes tonalidades, incluindo opções específicas para a pele negra, lançou uma coleção de pós compactos com nove cores. “Vivemos em um país onde a miscigenação é grande, com um índice importante de pessoas de pele negra. Como a Vult possui uma forte distribuição em todo o território nacional, é fundamental termos um leque mais amplo de cores, como a nossa coleção de bases HD”, comenta Janaína Idalgo, webmarketing da Vult Cosmética.

Segundo ela, a Vult possui fontes de informações que apontam para nichos de mercado ainda carentes e que podem ser explorados. “Procuramos cruzar essas informações com dados internos, além de entender o feedback de nossos consumidores com o apoio das redes sociais. Consideramos que o ambiente online é um grande celeiro de informações, que nos abastece diariamente com muitos insights, desde a criação de novos produtos até melhorias e ajustes em cores, acabamentos ou formulações”, afirma Idalgo.

Em meio a um momento marcado pelas questões de inclusão e diversidade, a Vult pondera encontrar amplas formas de alcançar novos públicos. Nem sempre é preciso criar uma coleção focada em um determinado nicho. A marca procura pensar em inclusão onde cada perfil de etnia, gênero ou idade possa ter acesso, se enxergando no todo. A coleção nude é um exemplo de como a Vult explora a diversidade de tons de peles dentro de uma cartela de produtos que englobam variadas etnias, desde as peles mais claras às mais escuras.

Já sobre o impacto nas vendas, Idalgo prefere focar no desafio de atender aos consumidores. “Novidades sempre alavancam visibilidade. Com os ciclos cada vez mais dinâmicos entre tendências, comportamento de consumo e feedbacks de nossos consumidores no ambiente online, o desafio de lançar novidades com mais agilidade e assertividade é grande, mas o encaramos com prazer e muita paixão pelo que fazemos”, finaliza.