5 formas de divulgar a playlist da sua marca no Spotify

Playlists falam pela marca e podem acompanhar o cliente da porta da loja para fora, ao longo de diferentes momentos do seu dia-a-dia.

_

Há 5 anos nós criamos playlists que emocionam, que vendem e que ajudam a fortalecer o posicionamento das marcas em diferentes contextos, proporcionando tanto uma experiência única no ponto de venda como servindo de conteúdo para criar novos pontos de contato em plataformas de streaming.


Além de falarem pela marca, as playlists para Spotify também servem para acompanhar o cliente da porta da loja para fora, reforçando a presença e lembrança de marca em diversos momentos do dia.


Playlists são uma importante ferramenta de branding e trazem o lado mais humano da marca, mas existe ainda uma grande dificuldade em como divulgá-las para para que não fiquem esquecidas no perfil da marca ou se percam no mar de infinitas playlists criadas diariamente no Spotify.

Qual é, então, a melhor forma de divulgá-las?

Como não existe uma única resposta, compilamos as 5 melhores estratégias que temos visto darem um bom resultado para as marcas.

1. Adeus link na bio. Olá, Stories do Instagram

Pode ser a dica mais óbvia, mas acredite: é a que mais funciona.

Além da ótima taxa de entrega dos Stories, existe o fator facilidade de acesso: com apenas 1 clique a pessoa já vai ser direcionada pro Spotify para consumir a sua playlist.

A menos que você tenha mais de 10.000 seguidores e já tenha desbloqueado a função “arrastar pra cima”, a única forma de inserir um link no Instagram é com o famoso “link na bio”.

Se você ainda não chegou nos 10k seguidores, basta compartilhar sua playlist do Spotify diretamente nos stories e está feito: ao clicar no canto superior esquerdo da tela o Spotify abre na hora e a sua playlist já estará sendo escutada. Dessa forma, você poupa seu fã de sair dos stories para ir até a bio.

Seja criativo e sempre escreva algo que desperte curiosidade ou desejo de saber mais sobre a playlist. Você pode falar dos artistas da playlist ou do momento do ideal para ouvi-la. Gifs e emojis também são bem vindos também. Se quiser fazer isso todos os dias, tá valendo. Só lembre de mudar o assunto do que você for escrever para não ser repetitivo e acabar passando batido.

Alguns Stories para você se inspirar. @garyvee / @obviousagency

2. Anúncios que vendem comodidade

Você provavelmente já fez alguma promoção de produto, serviço ou evento dentro de plataformas como Instagram ou Facebook. A democratização desse tipo de patrocínio nos permite alcançar um bom número de pessoas com quantias pequenas como R$ 50, por exemplo.

Mas já experimentou criar um patrocínio para divulgar sua playlist?

Parece contraditório, mas quanto mais opções de playlists temos disponíveis para ouvir no Spotify hoje em dia, parece que menos temos certeza do que realmente queremos ouvir. Sabemos disso pois durante muito tempo nossa newsletter tinha como objetivo principal justamente indicar boas playlists. E as taxas de abertura dos emails eram bem grandes.

No fundo, as pessoas só querem alguém de confiança fazendo esse papel de curador musical.


Se você já tem bons resultados anunciando produtos ou serviços — ou seja, vendendo algo para as pessoas — pense no conceito de brand utility: elas vão ficar muito agradecidas quando você aparecer na timeline entregando uma boa playlist para ser escutada.


Mas não basta apenas impulsionar a publicação. É importante você estudar bem o público da sua página e criar bons anúncios, pensando nas palavras-chave, segmentação, layout, design etc.

3. Crie conteúdo sobre as playlists

Nós acreditamos que as playlists são apenas a ponta de um iceberg de conteúdo muito maior e mais profundo dentro da estratégia de branding das marcas. Acreditamos tanto que escrevemos um texto completo sobre o assunto recentemente.

Criar conteúdos que extrapolem as playlists é uma das estratégias que agregam valor para as marcas e geram conteúdos muito interessantes, aumentando o engajamento e visibilidade tanto para os artistas quanto para a própria marca.

Do nosso lado, temos feito isso para aumentar o alcance da nossa playlist mais querida: "Música Brasileira Pra Gringo Ouvir". Nos últimos meses, a playlist se tornou um report mensal que apresenta 4 artistas brasileiros para ser consumida tanto em formato de texto como em vídeo:


Falar sobre a playlist, o conceito que deu origem a ela, as músicas e os artistas que estão ali pode ser uma boa estratégia para gerar assunto e aumentar a conexão com seu público de diversas formas.


Usar a playlist como ponto de partida para uma conversa maior sobre música tem sido uma das estratégias que estamos utilizando com um dos nossos clientes, a Youcom.

A música é um dos assuntos abordados dentro do Youtube e IGTV da marca, com entrevistas, pocket sessions e indicações semanais — mas todos os conteúdos se desdobram a partir das playlists ou dos artistas que já estão no canal da marca no Spotify.

4. Use a influência dos artistas que estão nas suas playlists

Toda playlist é uma vitrine para os artistas (dos menores aos mais bombados).

A regra do jogo do mercado musical é simples: espalhe sua música. Quanto maior o número de lugares onde a música de um artista puder tocar, melhor.

Acreditamos — e é o que diz a nossa própria experiência — que se você entrar em contato com os artistas que mais tenham conexão com a identidade da sua marca, eles vão adorar conversar sobre uma possível parceria.

Claro, não dá pra esquecer que você é uma marca e que para fazer a divulgação da sua playlist o artista pode pedir algo em troca. Seja dinheiro, produto, ou outra contrapartida, essa será uma troca mais do que justa.

No caso da Youcom que mencionamos, onde a estratégia para utilizar a influência do artista foi convidar a banda para fazer uma pocket session e dar uma entrevista para o canal da marca, a troca foi feita em 3 níveis: o artista ganhou um cachê, cada integrante levou um look para casa e além disso a banda ganhou uma pocket session gravada.

A contrapartida sempre vai variar de acordo com o tamanho do artista e da negociação que for feita, mas podemos afirmar que essa parceria pode valer muito a pena. Para os dois lados.

Mas como entrar em contato com esses artistas? Quando se trata de nomes mais consolidados, muitas vezes o contato não é feito diretamente com eles.

Existe toda uma equipe por trás e nesses casos a melhor forma de chegar até o artista é através do assessor ou manager. Claro, vale tentar também os canais de contato disponíveis.

Agora, se você não quiser se preocupar com isso, pode contar com a gente: somos especialista em música e esse mercado é a nossa praia. Fazemos essa ponte pra você ;)

5. Leve sua playlist para o offline

Utilize os Spotify Codes para sair do digital e levar suas playlists para o mundo. Se você tem um espaço físico — uma loja, um bar, uma academia— ou quiser utilizar as playlists como brinde em alguma ação promocional da marca, essa dica é pra você.

Os Spotify Codes são um tipo de código de barras exclusivos do Spotify que podem ser escaneados com o celular e que levam diretamente até a sua playlist. Uma ótima solução para fazer o público que já está frequentando o seu ambiente também degustar um pouco da alma musical da sua marca.

E aqui vale usar a criatividade: imprimir o código nos jogos americanos, nos porta-copos, na embalagem do seu produto, na etiqueta de uma roupa ou até espalhar cartazes nas paredes do seu estabelecimento.

Essa foi uma ação que fizemos com um dos nossos clientes, o Boteco São Conrado, que fica na Vila Madalena em São Paulo, e que deu super certo.


No final das contas, a equação para criar e divulgar uma playlist é simples:

  • Uma metodologia de music branding traduz a identidade da marca em atributos sonoros;
  • Uma curadoria cuidadosa escolhe os artistas que melhor representam estes atributos;
  • As dicas deste texto ajudam a trazer seu público para consumir as playlists;
  • Uma boa consistência na atualização das playlists mantém o público sempre interessado.

Esperamos que esse texto possa ajudar você. Se ficou com alguma dúvida ou se quiser conversar com a gente é só deixar um comentário ou entrar em contato através do nosso site.


somos bananas

uma agência de music branding especializada em curadoria e conteúdo musical para marcas e a primeira empresa brasileira a criar estratégias para marcas no Spotify.

Conheça o nosso site ou entre em contato pelo Facebook ou Instagram.