Um olhar do passado para um futuro melhor…

Um novo mandato e o início de uma nova esperança para o Brasil.

Mais uma vez ganhou a política do terror. Mais um vez ganhou a falta de informação. Sinto muito. Mas muito mesmo. Agora é tarde demais, mas para aqueles que se acham estudados, vamos discutir um pouco de política.

—-

Textos extraídos do livro AS ORIGENS DO TOTALITARISMO, por Hannah Arendt

“A diferença fundamental entra as ditaduras modernas e as tiranias do passado está no uso do terror não como meio de extermínio e amedrontamento dos oponentes, mas como instrumento corriqueiro para governar as massas perfeitamente obedientes.”
“O estabelecimento de um regime totalitário requer a apresentação do terror como instrumento necessário para a realização de uma ideologia específica, e esse ideologia deve obter a adesão de muitos, até mesmo da maioria, antes que o terror possa ser estabelecido.”
“Igualmente disseminada é a doutrina do ‘eterno anti-semitismo’, na qual o ódio aos judeus é apresentado como reação normal e natural, e que se manifesta com maior ou menor virulência segundo o desenrolar da história. Assim, as explosões do anti-semitismo parecem não requerer explicação especial, como consequências ‘naturais’ de um problema eterno.”

Textos extraídos do livro O MANIFESTO COMUNISTA, por Karl Marx e Friedrich Engels

“A história de todas as sociedades que existiram até hoje tem sido a história das lutas de classes. Homem livre e escravo, patrício e plebeu, barão e servo, mestre de corporação e companheiro, numa palavra, opressor e oprimidos, em constante oposição, têm vivido numa guerra ininterrupta, ora aberta, ora disfarçada: uma guerra que sempre terminou ou por uma transformação revolucionária de toda a sociedade, ou pela destruição das duas classes em luta.”
“A sociedade dividi-se cada vez mais em dois campos opostos, em duas classes diametralmente opostas: a burguesia e o proletariado.”

Texto extraído do livro A TERCEIRA MARGEM, por Ignacy Sachs

“Chega de sonhar com futuros radiosos. Enquanto isso, as estradas não são salgadas como antes da tempestade de neve. As autoridades explicam: ‘É o inverno mais rigoroso so século.’ Depois será a primavera mais seca, o verão mais quente, o outono mais chuvoso, o erro é sempre das forças da natureza. As quatro pragas do socialismo são a primavera, o verão, o outono, o inverno.”

—-

Além disse também deve ser plenamente conhecido por vocês que Arendt discutiu profundamente da massificação das populações, gerando o emburrecimento das mesmas. Quando temos uma população homogênea e de pouco conhecimento, a moldamos tão facilmente quanto massinha de modelar… Somente aqui, aquele que não estuda sai da escola.

Marx e Engels previram a divisão das classes e sugeriram o socialismo. Acho que todos sabemos que isso não acabou bem. Não por falta de inteligência desses pensadores, mas sim pela natureza imperfeita do homem. Para que fique claro, não sou a favor do capitalismo puro também, pois tanto quanto a visão marxista, o considero utópico e inatingível.

As palavras de Sachs falam por si só. Não deixe se levar pelas desculpas e promessas. Cobre daqueles que estão no poder. Não deixe barato.

Com isso, estamos dando continuidade a mais tempo do atual governo. O esgoto continua exposto, as crianças continuam com péssima educação, os professores continuam mal-pagos, o país está mais separado do que nunca. Como disse William Boner ao Brasil, “agora é tarefa da presidente unir o Brasil”. Se o ódio entre o Norte e o Sul for explorado, se o ódio entre as classes servir de pauta de governo, e se a população continuar sendo alimentada pela política de pão e circo, entendam que estamos caminhando a cada dia mais para um governo do qual muitos já fugiram.

Lutem pelo que é nosso. Lutem pela nossa pátria. Por um país sem corrupção, enganação e mentiras. Abaixo ao JEITINHO, abaixo à CORRUPÇÃO, abaixo à CENSURA.

“Mas, se ergues da justiça a clava forte,
Verás que um filho teu não foge à luta,
Nem teme, quem te adora, a própria morte.”

Lembrem-se… Lutem pela verdade! A verdade vos libertará.

“Gigante pela própria natureza,
És belo, és forte, impávido colosso,
E o teu futuro espelha essa grandeza.”

Que assim seja. Que o futuro seja cheio de grandeza, mas não somente territorial, mas também intelectual.

Não sou o dono da verdade e jamais diria que sou superior a ninguém. Porém estudado sou. O conhecimento ainda é livre.

Sintam-se a vontade de compartilhar esse artigo com sua lista de amigos. Sintam-se a vontade em comentar. Compartilhar conhecimento é o mesmo que compartilhar a vida. Ensine. Não recrimine.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.