Oi, Bárbara!
Igres Leandro Sátiro
1

Oi, Igres. Indubitavelmente nós somos seres agraciados pelo poder da auto-ilusão. Certamente a ilusão pode ser reconfortante em momentos oportunos,no contexto acima, ouso dizer que ela é perfeita. Acredito que a ideia do amor como algo romântico e não selvagem, alivia um pouco o fardo existencial.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.