“O que significa ser poeta?”

Para Pedro A.

Ser poeta é não pensar em nada. É simplesmente sentir o que tiver pra sentir e botar pra fora tudo o que quiser. Botar seus sentimentos que estiveram à flor da pele em foco, para que as palavras que formam as frases soltas que correm na sua mente tão desgovernada quanto você, que está prestes a vomitar aqueles sentimentos pressionados cruelmente por sua ânsia de tirar de dentro de si, façam sentido para alguns e até para você mesmo, que escreveu tão fora de si que nem se lembra se o texto fará sentido para alguém. Ser poeta é se testar a todo momento, fazendo sua mente parar de trabalhar e escutar os barulhos alheios, os olhares estranhos, as pequenas dores nos rostos angustiados, as diversas expressões de felicidade no meio da multidão… E depois, descrever tudo isso, sentindo o maior orgulho do mundo de ter conseguido fugir um pouco dessa realidade sem realmente de desligar totalmente dela. Ser poeta pra mim, significa acima de tudo, ser tudo. Ser tudo pra poder sentir tudo, pra poder escrever sobre tudo. Ser tudo tentando não ser nada. Ser poeta é viver e jogar palavras alheias no vento maluco que tem como destino o mundo. Ser poeta é se descobrir através de si mesmo, no espelho de casa, toda manhã.

2012