Esse poema surgiu ao imaginar que o avô e a neta na foto estão no mesmo plano dimensional ao pegar no sono.

A Fórmula Secreta da Eterna Juventude

Basta fechar os olhos
E somos todos iguais.
Nessa brincadeira
Vivemos como imortais

De mãos dadas pelo sol,
Nuvens, oceanos
Congelar o tempo
Não sentir o passar dos anos.

Aqui não tem idade
Nome, status ou ruas
É tudo bem mais claro
Desse lado da Lua