Aqui, sozinha, beirando 3h da manhã, contorno minha biografia. Uma reedição. Descubro que o que me mantém viva são as pequenas coisas, os agrados em gotinhas; a chuva no telhado, o sol na janela. Um beijinho que tanto quis, e a surpresa de gostar de algo que tanto evitei. Me faz feliz o bebê no colo, e o bolo na mesa. Me arrepia o texto escrito, a foto tirada. Me inspira ter com quem falar, trocar olhar. Me excita a admiração que posso dar, e atenção que posso receber.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.