Botando pra fora

Esses dias um amigo meu me perguntou como eu estava
(do coração)
E respondi o seguinte:
“Ando vomitando meus sentimentos em palavras”.

Depois refleti sobre a escolha de palavras que usei.

Ando vomitando meus sentimentos em palavras porque há momentos em que eles não cabem em mim
Porque às vezes não há ninguém com quem desabafar
Porque às vezes derramar a tinta no papel é o que me acalma, me consola
É o que desatola minha mente mesmo que por um curto período de tempo
É um modo de escoar a enchente de sentimentos e pensamentos, dando vazão a essa água
Até ela voltar a encher de novo

Ando vomitando meus sentimentos em palavras porque às vezes coloca-los para fora aos poucos não funciona
Às vezes é preciso liberar tudo de uma vez
Vomitar
as palavras
os sentimentos
os pensamentos
as confusões internas

Porque às vezes o corpo — mas nesse caso, a mente — precisa se desintoxicar dos excessos
Para depois (pre)encher-se novamente.