O novo modelo de produção jornalística
Michelly Neris Alves
1

O problema em relação a essa questão é bem estrutural, a carga nas demandas jornalísticas em cima dos profissionais (como você citou), e a busca pelo “furo” e exclusividade, pelo destaque na área, onde rola grande concorrência.

Alguns veículos priorizam o jornalismo como mercadoria, e não informação, e como jornalistas em formação é preciso se atentar a árdua tarefa de unir a rapidez exigida pela profissão, com a apuração e ética necessárias… um caminho difícil porém necessário.

Like what you read? Give Beatriz Fanton de Freitas a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.