Dahera. 13 anos. Aprendendo a nadar.

Dahera

Ela queria saltar de ponta, na vida. Descobrir o que há além da superfície. Conhecer o mundo que estava submerso.

À sua frente, visível aos olhos, um oceano escasso, espesso e seco. Desencorajavam-na de sua aventura. Queriam poupá-la de um salto mortal.

Era mais seguro permanecer à margem, diziam.

Mas ela já compreendera. É preciso mergulhar em si mesma, para não deixar secar os sonhos.

A single golf clap? Or a long standing ovation?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.