a c i d e n t e

Foi assim, de repente
O destino esbarrou a gente
Durante a espera pro ramal
Tudo ocorreu de forma tão normal

Foi assim, sem porquê
Os caminhos se cruzaram
De toda minha pose
Eu tive de ceder

Troca de bandas
Troca de almas
E quem diria que seria essa calma
Logo eu que sou sempre o caos

Foi assim, natural
O beijo
O carinho
O sol

Os olhos verdes olhando pra mim
O jeito que sempre me deixa assim
Sem jeito algum

Foi assim, sem motivo
Os problemas que se parecem tanto
Os namoros continuam no jogo
E eu continuo aqui

A intensidade da amizade
A solidão
A conexão
A vontade

O parque
A escada
O café
O vinho

Uma intensidade de coisas boas
Uma inspiração
Um céu azul no meio da confusão

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.