Eu não sei

Eu não sei o que dizer
Mas eu quero falar
As lagrimas caem
Eu não consigo respirar

A dor no peito
A angustia
A falta de apego
A reluta

Eu pensei que seria melhor
Eu passei por coisa pior
E mesmo assim aqui estou eu
Em prantos por um pebleu

Com tantas palavras
Eu não consigo achar
Uma se quer
Para me acalmar

Você esqueceu
Tudo que aconteceu
Num dia qualquer
Reapareceu

Não é assim
Eu quero você
Se não for ficar
Deixe-me então

Eu sei que é muita imposição
Mas se não for assim
Você vai sempre ser o bobão

As suas ofensas
Ecoam em mim
As suas indiferenças
Nunca tem fim

Aqui eu deixo
Um breve apelo
Não seja um
Babaca de novo

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.