Sobre reclamar do novo ou “aceita o 9 que doí menos”_

Disney

O mundo mudou.

Eu posso senti-lo na terra, no ar, e nas novas formas de pensar que estão sempre em conflito com antigas filosofias.

Entenda antigas filosofias como a epítome de pensamentos firmados em 40, 50 anos atrás e ainda não adaptados a uma nova realidade. E é de certa forma compreensível que haja uma resistência a novos paradigmas, o velho contra o antigo é um embate que sempre aconteceu e sempre vai acontecer. Pergunte para alguém mais velho como era a vida no tempo dele e o que ele acha da vida de hoje. Muito provavelmente ele vai dizer algo como “no meu tempo as coisas eram mais complicadas, mas, tudo era melhor”.

Não é que as facilidades da vida e do mundo moderno não sejam aceitos, mas, quando se sai da zona de conforto e você tem que alterar a si próprio, a maneira de se pensar e agir, então começam as reclamações. Nessa semana os números de telefones móveis do estado de Pernambuco recebem um novo dígito, o numero 9 deve ser adicionado no inicio de cada numero, a medida foi tomada para poder aumentar a quantidade de números utilizados, já que as opções disponíveis estavam acabando.

Claro que muita gente esta reclamando.

E apesar de parecer idiota eu tomei aquelas reclamações e comecei a pensar um pouco nelas, me restringindo aos dígitos ainda, é realmente algo trabalhoso (caso você não tenha um smartphone) ter que alterar numero por numero de sua agenda, mas, expandindo a relutância em se aceitar o novo mesmo que isso somente lhe custe 11 toques de tela (sim, eu contei) para outros campos da “vida”, fica claro que nós reclamamos de mudanças.

Por mais que seja óbvio, acho que é bom eu deixar claro que essa afirmação se restringe as mudanças que nos afetam. Apesar de existirem também reclamações à mudanças que nem de longe raspam na nossa realidade.

Mas, retornando a minha afirmação, nós adoramos reclamar, é quase como um esporte para muita gente! Simule isso na sua cabeça:

Você é o irmão mais velho e por algum infortúnio você não teve aula em sua escola, logo, você deita no sofá de frente para a TV e passa a manhã toda assistindo seus desenhos e programas.
Seu irmão mais novo chega da escola e depois de todo o ritual de quando se chega em casa ele decide que vai assistir TV.

Guerra declarada, claro.

Seu irmão pede para você aumentar um pouco o volume, você nega (por birra, afinal, ver ele irritado é divertido, e além do mais, você está ali desde manhã!).O final vai ser algo como seu irmão mais novo chorando para a sua mãe como você bateu nele somente por que ele queria ouvir melhor ilha Ra-Tim-Bum. Verdade ou não, é o que vai acontecer.

Simulação feita, assuma seu posto, e não, você não é o irmão mais novo.

O fato é, você “por direito” tem o poder em suas mãos, quase que literalmente você controla a TV, mas, no momento em que seu pequeno irmãozinho pede “maninhu, aumentá o volume pu favo” você quer usar seu poder para não mudar seu status quo, então vem a sua mãe e muda tudo, e você provavelmente vai ficar de castigo (era melhor ter aumentado o volume tá vendo?).

Pois bem, imagina agora que a vida é o tempo são a sua mãe, e que em algum momento ela vai gerar uma nova geração de pessoas e que essas vão ver sua mãe de uma forma diferente que você, tá entendendo?

O fato é que melhor aceitar o 9, se adaptar a ele, pode dar trabalho ter que adicionar manualmente o bendito, ou ainda nem dar tanto trabalho assim e somente instalar o aplicativo, mas, sendo chato ou não, é melhor aceitar e transformar o esporte que reclamar tem se tornado em algo que você NÃO quer fazer, por que adivinha só, depois de um tempo o esporte das outras pessoas vai ser reclamar de como você só reclama!

Ah, e sim, eu sei que é meio hipócrita reclamar de quem reclama, mas, alguém tem que fazer o trabalho sujo certo?

__________________________________________________________________
Se você gostou MUITO do texto recomende ele!
Se você gosta de fazer pessoas felizes, recomende esse texto!
Se você é você, recomende esse texto… Nah zoa…

E se você não gostou do texto, deve ter alguém que gostou, então aceita que dói menos…

Se você gostou e quer mais visite www.allyanca.com.br
Você também pode me seguir no:
Instagram | Facebook | Twitter |

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.