A constante busca por uma vida mais feliz

Certa vez um jovem “sonhador” disse: “Espero assim, que ao final deste ano possamos olhar para trás e dizer que valeu, que nossa vida mudou, que somos pessoas melhores, isso é o que espero para 2015”.

E cá estamos, dia 31 de dezembro de 2015, mais um ano se passou e chegou o momento de reflexão, será que aquilo que buscava há um ano atrás aconteceu? Todos os projetos e resoluções de final de ano, a vontade de mudar aquilo que incomodava, a busca por novas experiências, o desejo de ser uma pessoa melhor.

Este foi um ano sem grandes surpresas e conquistas, porém não significa tempo perdido. Pelo fato de estarmos em constante mudança, desenvolver e evoluir enquanto pessoas deveria ser algo natural para nós, mas infelizmente não é, mudar não é nada fácil.

No meu caso o problema da mudança está na incerteza. Não saber como lidar com o desconhecido. Não ter o controle do que irá acontecer causa medo. Mas paciência jovem padawan, a vida é assim, não é mesmo!

Temos infinitas possibilidades, podemos sonhar, planejar, mas não temos certeza. Se surpreender é o que nos faz sentir vivos, é assim que nos conectamos com a essência da vida, são as nossas emoções mais profundas que nos fazem crescer. Amar, sofrer, rir e chorar isso é viver.

Apesar desse medo da mudança consegui realizar algumas coisas. Esse ano que passou valeu. O ano de 2015 me ensinou muitas coisas. Me ensinou que tenho limites, que não poderei e não serei capaz de fazer tudo o que quero, e o mais importante, que isso não é um problema e sim algo natural.

Eu posso falhar!

Percebi também, como é importante cuidar da nossa saúde, levei tempo para perceber isso, na verdade só me dei conta agora de como sou frágil. Por isso essa é umas das principais metas para 2016.

Saúde é a base de uma vida feliz.

Mas o que mais me deixa orgulhoso foi entender que não existe apenas uma forma de fazer as coisas, uma forma de viver a vida. O ano de 2015 me mostrou que posso ser o homem que sonhava, não existem amarras.

Cultivar o amor, o bem, atitudes positivas e respeito faz com que sejamos pessoas melhores.

Então a resposta para minha pergunta é simples. O ano de 2015 valeu muito a pena e consegui evoluir siiiim!

Que 2016 seja um ano tão especial como foi este, e que pessoas especiais também cruzem meu caminho.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Jorge Oliveira’s story.