Desculpa, tô meio sem tempo

Esse seria mais um título na lista de textos que eu tenho pra escrever e simplesmente não consigo porque me falta tempo, mas isso está me consumindo então eu resolvi falar de uma vez. Esse papo de “Ah, mas todo mundo tem 24 horas e blá blá blá” não funciona mais pra mim. Eu realmente achei que eu podia ser como a maioria das pessoas, mas você deve concordar comigo que é difícil pra caramba gerenciar o nosso tempo e as coisas só complicam se você for um pouco disperso.

Eu tento muito, todos os dias, mas eu não entendo como é possível comer bem sem pular ou substituir refeições, acordar no primeiro toque do despertador e conversar com Deus ou ler a bíblia (se você não segue nenhuma religião, deve tentar ter um tempo pra meditar ou desligar do mundo sei lá), trabalhar em horário comercial, enquanto acompanha o mundo em portais de notícias, e-mails, mensagens ou em feeds no Twitter ou no Facebook. Não entendo como é possível se dedicar a faculdade ou aos estudos, mas também separar um tempo pra exercícios, acompanhar algum seriado da moda, ler um livro da moda, ir ao cinema ver o filme da moda, vestir-se como manda a moda, ver a família, sair com os amigos, arranjar um casamento, tudo isso enquanto gerencia conversas sobre mil assuntos em grupos de Whatsapp que vão da família ao trabalho.

Não entendo como dá pra ver e postar Snapchats, e como se não bastasse , ver e postar Snapchats agora também no Instagram. E por falar nele, você tem que parecer lindo e gourmet ali no Instagram, mas também culto e empreendedor ali no Linked In. No meio de tudo isso, você precisa lembrar de se alongar e evitar movimentos repetitivos por causa da tendinite e das lesões por esforço repetitivo, tem que lembrar de tomar dois litros de água por dia e dormir oito horas por noite pra funcionar bem e evitar outras doenças, até porque a gente não tem tempo de ir no médico, né?

Então me perdoem amigos, se eu disser que “a gente vai marcar” e acabar não marcando nada, me perdoem se eu demorar pra responder sua mensagem em alguma das 259 redes que eu me cadastrei, principalmente se a gente morar muito longe um do outro. Me perdoe se eu esquecer do seu aniversário, se eu sumir… Me perdoe chefe, se eu chegar atrasado de novo, porque perdi a hora de acordar. Me perdoe mãe e pai, por não conversar tanto com vocês como eu gostaria. E peço perdão a mim mesmo por estar adiando tantos planos que podem ser realmente bons pra mim e por talvez não estar priorizando as coisas mais importantes… Pra escrever esse texto por exemplo, perdi uns minutos de sono, mas na verdade é um tempo que eu perderia de qualquer forma, tentando limpar todas as notificações do celular antes de dormir. E eu nem sei se tô feliz com tudo isso, mas é que eu tô tentando conviver comigo mesmo e em sociedade da melhor forma possível, mas nem sempre dá tempo.

Quando me tornei tão ocupado?

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Berg Dantas’s story.