De teus belos olhos sou cativa

Eita mulher!

Nem bem cheguei e já prostrada estou diante essa que meu coração elegeu como a mais bela das mulheres. Engraçado dizer, dado que eu mulher que sou, estou indo de encontro aos mitos que nos envolvem, o de que devemos ser rivais. Por que diabos eu iria querer ser tua inimiga se posso admirar-te melhor sendo alguém que te faz bem?

És uma flor rara, daquelas que faz o Sol inclinar para vê-la melhor. Deixe-me sentar ao teu lado, enquanto até mesmo em silêncio tudo se ajeita. Descobri o amor nas covinhas de teu sorriso, sei que já disse a ti que foi assim que me apaixonei. Bendito sorriso! Ele é o frescor de cada manhã e o acalantar de cada crepúsculo.

Minha rosa, não permita que os ventos revoltosos te arranquem as pétalas! Eles não sabem o que estão a fazer, enlouquecidos pela névoa amaldiçoada dum mundo cinza, mas tu, és arco íris cortando os céus antes nublados. Gostaria de pôr em palavras todas as maravilhas a quem tu, e somente tu, és responsável, todavia, não há expressão completa o suficiente para contemplar tua existência. Agradeço a ti por teres me cativado, por teres me desbravado e permanecido ainda depois de descobrir cada falha nessa minha reles estrutura.

Olhar para ti enche meus olhos de emoção que transbordam em pequenas lagoas. Sorrir contigo aquece meu peito como uma xícara de café em um dia frio. Essa luz que emana de ti e respinga em nós que te conhecemos é mágica, é bruxaria, é encantamento. You put a spell on me because I’m yours!

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Rebecca Lago’s story.