DESAMANDO AS NOVELAS?

acho que definitivamente fui mudada pelas séries. 
vejam bem, há uns 8/10 anos, antes do netflix e da HBO investir massivamente em séries e da internet de com mais megas pra gente baixar tranquilo a gente via menos séries. 
séries são obras fechadas de canais a cabo. 
novelhas são obras abertas de nossos caretésimos canais abertos. fingem que miram no público descolado mas tão ali na dona de casa classe média, média baixa mesmo. meus filhos nem assistem tv mais. nada. ok, omais velho vê esportes na espn, a tv como a gente conheceu está pra morrer. 
e daí que os roteiros continuam no eterno embate bem x mal e amores impossíveis com toques de romeu e julieta. acho chato, não consigo mais me prender. raramente há bons diálogos. personagens são planos e rasos. 
pega lá um dowton abbey, the crown, westworld, mad man, Got … tanto roteiro bom ( que as vezes tb desliza e tem suas cagadas).
me irrita que ninguém, com exceção da minah amada 7 vidas, explores os dilemas da vida moderna das mulheres ( público preferencial das novelas) : excesso de trabalho x filhos, quem fica com os filhos, a empregada faltou, a empregada que tb não tem com quem deixar os filhos, pais que envelhecem e precisam de cuidados, novos casamentos com filhos de ambos os lados, assédio moral no trabalho, etc. um monte de temas interessantes. mas tá lá no batido amor impossível x vilão possessivo. 
tá difícil te amar, novela.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.