115ª Edição

Revista Betim Cultural
Jun 14 · 4 min read
Foto Robson Carvalho

Não há nada mais intenso, mais insalubre e imprevisível do que o própria vida. Vivendo intensamente, imensamente e exageradamente, de maneira a encarar cada dia como se fosse o último #ps

TIAGO HENRIQUE

INTIMIDADE
Talvez
Muita coisa aconteça
Eu sei que os sonhos movem o mundo
Mas as vezes eu tenho pressa

Me sinto preso
Em uma atmosfera
Da qual eu tento emergir
Mas continuo envolto

Nado contra a correnteza
Nado na correnteza
Permaneço fazendo o que acredito

Fico aflito com o futuro
Não sei como ganhar dinheiro
Variadas profissões já não me atraem
Sou poeta
Mas meus versos não vendem
Sou músico
Mas minhas canções ainda estão no subsolo

Confio em Deus
Só sou um cara impaciente
Sensível homem
Que se sente diferente
Tão diferente
Ao mesmo tempo tão igual
No mais íntimo
Desperto dentro de nós.

PAMELA SOBRINHO

Aos homens da minha vida

Vocês me apunhalaram
Tentaram me aniquilar
Acharam que iriam tirar a minha paz

Aos homens da minha vida
Aos quais dediquei meu amor
Aos homens da minha vida
Que dediquei minha dor

A todas as vezes que caí
Levantei, e segui
Vocês criaram a fortaleza
De pedra que protege meu coração

Aos homens da minha vida
Dedico as minhas muralhas
Que tão cedo foram levantadas
Para me proteger da vossa solidão

Aos homens da minha vida
Dedico toda a minha fortaleza
Dedico tudo o que eu sou
Graças a vocês
Me tornei a guerreira de hoje
Graças a vocês eu não caio mais

Aos homens da minha vida
Um brinde pela minha vitória

FILIPE CANAAN

Estive na academia Olímpia
Pra escrever tudo que sentia de forma mais límpida
Lapidei, sua lápide. Pode ir lá pedir desculpas pelo o que me disse

O reprovado está no Olimpo, e agora o que cê diz?
Sendo deus, pra Deus fiz uma diss
Me sinto Rômulo criando Roma, no mundo sou só um aprendiz
Quem aprende diz, mas quem diz fica apreendido

Percebeu? Pelo jeito que falei pela S10 serei perseguido
Pelo jeito de pensar, percebido. Jamais esquecido
No mundo, sou o calor em um dia frio
Em sua vida, sou abraço em um dia frio
E tudo nascerá mais belo, livros farão prosperar novamente a bandeira do azul o verde e amarelo

TARSO CORRÊA

RELICÁRIO DE SAUDADES

No quarto vazio, encostado a um canto,
Um relicário de saudades de seis portas,
Pulsava lembranças e nublava meus olhos,
Descortinando o manto do passado;
Em cada objeto pinçava histórias,
Memórias vividas compartilhadas,
Um guarda roupa, cápsula do tempo;
Em cada porta aberta, aroma de coisa guardada,
Lençóis, cobertores, roupas embrulhadas,
Retratos, cartões, recordações materializadas;
E neste curto trajeto, percorri anos,
Sorri, chorei;
Em cada cantinho uma surpresa;
Navegando ao mesmo momento
Entre a alegria e tristeza;
A cada espaço esvaziado, uma porta fechada, uma despedida,
De uma vida que passou;
Deixando suas marcas e manias impressas;
Neste regresso, lavo meu coração no lamento,
Deitando o aperto do peito
No leito do amor deixado,
Abraçado pelo calor do afeto.

LIVINGSTON MARLINSON

Estrela Decadente
Então, fui naquele embalo…
Na cauda brilhante de uma
Estrela cadente.

Decadente!

Achei que flutuava pelo espaço
Numa onda louca, rumo à universos
Diferentes!

Por um tempo me senti completo e
Contente.

Ignorando que o brilho de uma estrela dessas
Cessa assim… De repente!

Feito um flash que ilumina e depois se apaga
Instantaneamente!
Eternamente…

A sina de uma estrela cadente é brilhar
Ardentemente.
Depois se chocar por aí e apagar
Solitariamente.

Confesso que sofri, chorei por uns dias
Até fiquei doente!
Mas, caí na real e dei o fora daquele voo
Inconsequente.

Despedi-me para sempre do rastro de fumaça
Da minha linda e sorridente…
Estrela decadente.

W.MOTA

RELEMBRE

Edições comemorativas:
01 | 50 | 100 | 10 anos

PARTICIPE

Envie textos de sua autoria para a Betim Cultural. Eles poderão ser publicados aqui na revista. Interaja também com sugestões, comentários e críticas: participe@betimcultural.com.br

Edição publicada por
Pamela Sobrinho
pamela@betimcultural.com.br

Apoio:
Você pode ler todas as edições da revista em:
1ªGeração2ªGeraçãoAtual
CONHEÇA O MANUAL VEGANO
Revista Betim Cultural

Written by

Para leitores conscientes. www.betimcultural.com.br