A fome no mundo

Existem guerras, pessoas passando fome ou sendo exploradas e você preocupado com o veganismo?

Publicação original: Guia Vegano

As guerras e a fome são terríveis — mas não tem nada a ver com veganismo. Se você quer ajudar a acabar com as guerras, faça isso! Se quer acabar com a fome, se envolva na causa! Nada impede que, ao mesmo tempo, você siga uma dieta e filosofia vegana.

E O TRABALHO ESCRAVO DAS CRIANCINHAS DA INDÚSTRIA DA MODA OU DE ATIVIDADES AFINS?

Matar animais não ajuda em nada essas crianças — ser vegano também não.

Trabalho escravo e abuso de animais são problemas separados, e eu pessoalmente acho que você deveria se importar com os dois.

As vezes eu vejo pessoas com uma atitude do tipo: “Ah, tem muita coisa errada no mundo. Então eu desisto, vou fumar, usar drogas, comer carne, explorar trabalho escravo, ser corrupto, etc”.

Essa mentalidade não ajuda ninguém. Assuma responsabilidade pelas suas escolhas, e busque ser o melhor que puder. Pare de comer carne, leite e ovos, compre roupas de fabricantes que não exploram o trabalho escravo, seja cliente de companhias socialmente responsáveis.

Ninguém é perfeito, todo mundo comete hipocrisias o tempo todo. Mas isso não é motivo para desistir de querer ser melhor!

Humanos x Animais

Publicação original: Beleza vegana

“Primeiro, devemos resolver prioridades humanas, como acabar com a fome. Depois que todos estiverem alimentados e saudáveis, que se discuta melhorias nos tratamentos dos animais.”

Não precisamos esperar resolver todos os problemas de fome em humanos (sabe-se lá quando isso vai se resolver) pra discutir melhorias nos tratamentos dos animais. Animais de consumo (porcos, vacas, galinhas e peixes) são seres sencientes. Tudo o que for possível para evitar a dor e sofrimento desses animais, pode e deve ser feito. Justificar que homens e animais não estão no mesmo patamar de importância não nos dá o direito de aprisioná-los, mutilá-los, torturá-los, matá-los e comê-los, ou seja, usá-los como se fossem meros objetos, mesmo sabendo de toda a crueldade que está embutida no processo de produção de carne, leite e derivados. Podemos resolver vários problemas ao mesmo tempo, não precisamos esperar que um se resolva para podermos enfim nos preocupar com o “próximo” problema.

O melhor tratamento dos animais não precisa de investimento. O veganismo é o ato de boicotar produtos de origem animal na alimentação, vestuário etc. Essa mudança de postura não irá interferir no problema da fome no mundo. Pelo contrário, a pecuária demanda grandes áreas produtivas tanto para pastagem como para produção de ração. Essas áreas poderiam ser aproveitadas para plantio de alimentos que poderiam se destinar às pessoas que passam fome no mundo.

Se todos os seres humanos, seja qual for a sua capacidade cognitiva, têm direito em igual medida à vida e à integridade física justamente porque são capazes de desfrutar da vida e têm o interesse em não sofrer, por que é que os outros animais, que têm exatamente os mesmos interesses, não teriam estes mesmos direitos? Uma causa não anula a outra.

Você pode ler todas as edições da Revista em:
Memorial 1
Memorial 2
Atual

Vamos lá, compartilhe!

MANUAL DO VEGANISMO