olhos de kafka

há algo estranho nos olhos de franz kafka
nos meus há somente o brilho opaco de quem não se surpreende com facilidade
mas gostaria

os dias passam e me transcendem
a cada dia me sinto mais transfixado pelo tempo
como se os acontecimentos viessem numa maré e me atravessassem 
sem dó nem piedade
o tempo é um rei tirano
vai roubando a vida devagar

e antes que você se pergunte 
como, quem, onde, quando
já é amanhã, domingo, semana que vem

franz kafka está morto
assim como henry miller, bukowski e todos os outros iluminados
e enquanto você se pergunta se um verme estará comendo seu cérebro no sábado de aleluia
a vida acontece como um carnaval sem quarta-feira de cinzas

eu queria ser uma criança fantasiada de tigre