Sororidade no cu das outras é refresco.

A maior lenda do feminismo atual atende pelo nome de sororidade.

É lindíssimo na teoria, mas assim como todas as bases teóricas da história da humanidade, a coitada foi completamente distorcida quando colocada em prática.

Pra quem tá chegando agora, eu vou situar, citando um breve resumo:

“Sororidade é a união e aliança entre mulheres, baseado na empatia e companheirismo, em busca de alcançar objetivos em comum.”

Lindas palavras, união e companheirismo entre mulheres. O não pré-julgamento de outras mulheres, a não rivalidade, o apoio mútuo, a empatia, mulheres ajudando na independência de outras mulheres.

Pronto, agora vamos pro plano da realidade. Na realidade, existe pouquíssimo da prática de apoiar e não julgar outras mulheres, mas existe uma grande cobrança das feministas que conhecem o termo.

É interessante que se saiba que sororidade não é apoiar TUDO que outra mulher faz, longe disso, sororidade é enxerga-la como igual e não julgar. Ninguém é obrigada a gostar de ninguém, ninguém é obrigada a ser amiga de ninguém, e ninguém é obrigada a aceitar atitudes de outras mulheres. Ou seja, a função da feminista então, é enxergar a outra como igual, e dize-la seus erros.

Não somos uma irmandade, nem devemos ser. Naturalmente temos desentendimentos e desavenças com outras mulheres, até porque o feminismo é plural, não é um cabresto, não somos todas treinadas a pensar e agir da mesma forma. E é aqui que entra a ideologia da sororidade, não devemos nos odiar, mas nos aceitar, mesmo nas diferenças.

Não suporto as mulheres que flertam com minha namorada. Mas evito vê-las como rivais, guardo a raiva para mim, e escondo para que ninguém veja. Tá aqui a chave para que se coloque em prática a teoria: eu não cobro que nenhuma mulher goste de mim, e aceito que não gosto de algumas companheiras de luta. Mas JAMAIS vou permitir que elas sejam diminuídas enquanto mulheres, que elas sejam violentadas, que elas sejam desrespeitadas, e não serei eu que abrirei a boca pra ofendê-las em detrimento de seu gênero.

A teoria fala de estrutura social, então não personifiquemos as teorias. Entendamos que quando se fala em suporte e apoio é sobre apoiar enquanto mulher, mesmo que a pessoa te desagrade.

Acima de tudo, não cobre sororidade de ninguém. Porque significa uma falha não só na outra, como também em você, que acredita que sororidade te dá carta branca para fazer e dizer o que quiser, tendo o apoio e suporte de todas as feministas. Estamos aqui pra discutir, discordar e conversar; não tente silenciar uma companheira com o discurso da sororidade, porque adivinhe só? Você é quem está faltando com ela.

Não usemos teorias feministas para diminuir outras mulheres, isso é contra a luta de todas nós, independentemente da vertente.

Por fim, sejemos tolerantes, é disso que se trata a luta.

: 0k��� �

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.