Após a lua sangrenta, astronomia amadora é tema de debate

Nesta semana, o eclipse total da lua pôde ser observado a olho nu por milhares de pessoas. O fenômeno deixou vermelho o satélite natural devido ao alinhamento entre a Terra, a Lua e o Sol. O estudo amador dos astros e estrelas é o tema do debate Café com Conhecimento — Astronomia amadora, no Espaço Conhecimento UFMG, neste sábado, 19, conduzido por Cristovão Jacques

O engenheiro civil e químico, Cristovão Jacques juntamente com o advogado Eduardo Pimentel e ao psicanalista João Ribeiro de Barros, desenvolveram em 2013 o observatório Sonear, que descobriram o primeiro “cometa brasileiro” batizado de C/2014 A4 Sonear. Jacques explica as diferenças entre os amantes da observação celeste. “Existem vários tipos de astrônomos amadores: os que gostam de contemplar o céu, os que gostam de construir instrumentos e os que se dedicam à pesquisa, como é o meu caso”, explica o engenheiro.

Para os iniciantes, Cristovão Jacques ressalta a importância dos grupos de discussões. “Para os que querem começar, eu sugiro que procurem um clube de astronomia amadora, até para que a pessoa não faça um grande investimento comprando equipamentos por empolgação, e depois fique perdida”, ressalta o engenheiro.

A escassez de incentivo e investimento do governo para a astronomia faz com que os curiosos abandonem os estudos. “A falta de investimento governamental no setor e um comum despreparo por parte dos professores para lidarem com o tema, acabam deixando o ensino de astronomia, a divulgação para o grande público, e até a pesquisa muito imbricados às ações dos astrônomos amadores”, explica Jacques.

Programação:

Café com Conhecimento — Astronomia amadora

Data: 19 de abril, 11h

Local: Espaço do Conhecimento UFMG — Circuito Cultural Praça da Liberdade

Entrada Franca

Por: Gabriel Amorim

Foto: Divulgação


Originally published at contramao.una.br on April 16, 2014.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.