Pesquisadora de Stanford diz que essa pequena mudança pode te fazer bem sucedido
André Bartholomeu
31

Muito interessante a análise. Nós estamos vivendo um período em que somos induzidos de todas as maneiras a nos cobrarmos: “Vamos você consegue!”, “Não desista, ao final você vai perseverar”, “As pessoas de sucesso são as que não dormem”, etc, etc, etc.

Raramente lê-se artigos que dizem para estudar a você mesmo, seus medos, suas angústias, entender o que seu subconsciente quer lhe dizer, como você age em certos momentos, entender porque erro e o mais importante, se perdoar pelo erro.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.