A verdade é que a gente se acostuma. Mas logo depois, a gente se cansa.

A gente sempre se acomoda, aquele emprego que era só de passagem, pra se chegar afinal onde realmente se quer. Mas aí, ele começa a suprir suas necessidades financeiras, você começa a gostar e se acostumar com as pessoas dali, e logo, não é mais só um meio de chegar onde se quer. Aí a gente se acomoda, e se acostuma.

A gente se acostuma com aquela pessoa, que era só pra uma noite de diversão. Mas a pessoa é tolerável, e as vezes até interessante. Aí, você cria raízes nela, e tenta se convencer todo dia de que a ama. Você já se acostumou com ela, e mudar sempre da trabalho.

Você se acostuma com tanta coisa, com sua condição, com seu salário, acostuma com seus sonhos indo embora, porque pra chegar lá, você precisaria no mínimo de deixar aquela caralhada de coisa com que você já acostumou, de lado. Aí a gente se acostuma com a idéia de que você nunca vai dar um passo a mais. Até porque, a vida não está tão ruim assim, certo ? Você já se acostumou com tudo.

Mas você se cansa, se cansa do trabalho que você não gosta, se cansa da pessoa que você insiste em mentir que ama. Se cansa da situação, você quer mais, e sabe o que você vai fazer ?

Nada. Deixar pra amanhã. Acostume-se com a idéia de que esse pensamento de ser incompleto é só uma fase ruim. Um dia passa, é só sonhar que passa. Vai por mim, passa… só ter paciência. Eu só tô nessa a 23 anos mesmo…

Parafraseando Neil, e o Senhor dos Sonhos,

Afinal, que força teria o inferno se os prisioneiros daqui, acomodados, não pudessem sonhar com o céu ?

Mas ainda assim, a gente se acostuma, cansa e depois se acostuma de novo.

Like what you read? Give Ruan "Big Boss" Nick a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.