Eis o novo ministro da imigração do Canadá — John McCallum

Quem é o novo ministro da imigração do Canadá e o que ele diz que vai fazer?

Todo mundo já sabe quem é o novo primeiro ministro do Canadá: o galã Justin Trudeau. Mas, nem todo mundo sabe quem é o “novo” ministro da imigração. Afinal de contas, é o que pensa o Sr. John McCallum, o novo ministro, que nos interessa. E são cinco as prioridades que ele diz que vai matar de primeira.

O senhor de 65 anos, um dos mais sêniors da equipe Trudeau, é daqueles que curte a galera de fora. “Meu pensamento é de que devemos sempre recepcionar novos imigrantes”, disse McCallum. Como vice-presidente do Royal Canada Bank, ele acredita que esse sangue novo é uma das rodas que gira a economia canadense.

E quais são os post-its que estão na mesa dele?

Facilitar a entrada não só de trabalhadores estrangeiros super qualificados, mas também de “outras” profissões

Hoje há muitas áreas em demanda no Canadá. Mas, são sempre aquelas de engenharia, saúde, biológicas entre outras. McCallum pretende adotar um método que vem sendo utilizado na província de Manitoba, o qual dá chances para outras áreas e profissões mais “comuns”, vamos dizer. Óbvio que alguns itens ainda serão analisados, como inglês, por exemplo, mas já é um sinal de que outros profissionais terão chances também.

Agilizar os processos de imigração provinciais

Mudanças nos processos de imigração acontecem a cada mês, ou momentos, tanto no nível federal quanto provincial. Mas, uma coisa é comum entre eles: o tempo. Atualmente, o Express Entry promete agilidade. Alguns que vieram por esse processo dizem ter esperado cerca de 6 meses pra pegar o passaporte da alegria. Já pelos provinciais a angústia chega até a 4 anos e meio. O tiozinho disse que vai acabar com isso e vai meio que padronizar o tempo de todo mundo.

"Nossa filosofia é recepcionar pessoas do mundo todo e queremos que o processo de cidadania delas seja rápido e fácil" — John McCallum

Facilitar o processo de convite de pais e avós como residentes

Não só facilitar, mas também dobrar o número de vagas. No método atual são 5 mil vagas, demorando cerca de 10 anos pra concluir a novela. Haja paciência. Mas, ele diz que vai aumentar para 10 mil o número de vistos e diminuir esse prazo. Além de prover mais recursos na área de saúde para esse público, o que é uma consequência natural.

Esclarecer melhor a questão de perda de cidadania canadense

Há ainda uma certa polêmica sobre o tema de que temos canadenses e canadenses. Uns são mais canadenses do que outros. Tudo bem que a perda da cidadania está principalmente vinculada à questão do terrorismo. Mas, o tema é complexo. Quem tem dado o aval final sobre a cassação desses direitos tem sido justamente o Ministro da Imigração e não uma corte. Ele quer tirar isso do colo dele. Vamos ver no que vai dar.

Dar abrigo aos refugiados sírios

A incômoda questão síria que tem batido à porta de muitos países também ecoa por aqui. A promessa é dar refúgio a 25 mil sírios. Contudo, porém, entretanto, isso envolve uma série de questões socioeconômicas, principalmente de adaptabilidade desse povo à uma nova cultura: questões de idiomas, habitação, empregabilidade etc. Mas, ele disse que vai arrumar fundos e condições pra tudo isso.

.

Achou bacana? Clica no coração ali embaixo e passe pra frente. E aparece por essas bandas também:

Blog, Facebook, Twitter, Instagram

Like what you read? Give numafria a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.