Aprenda sobre fluxo de caixa e melhore a saúde financeira da sua empresa

http://br.freepik.com/

Todos os dias, é preciso “fechar o caixa”. Mas apesar de corriqueira, essa atividade é extremamente importante para a saúde financeira das empresas.

O fluxo de caixa é um instrumento básico de planejamento financeiro, que está no alicerce da organização financeira de um negócio. Seu objetivo é apurar e projetar o saldo disponível, para que haja sempre capital de giro para aplicação ou gastos necessários.

Elaborar o fluxo de caixa permite, portanto, que o empresário tenha uma ideia de como estará a situação financeira da empresa nos próximos dias, semanas ou mês.

A ferramenta possibilita, ainda, o controle das atividades do ciclo operacional da empresa. Isto é, das atividades de compra e venda de mercadorias e serviços em curto prazo e os seus respectivos pagamentos e recebimentos.

Realizado em forma de planilha, em um relatório de fluxo de caixa devem estar registrados todos os recebimentos (vendas à vista e recebimento de duplicatas, entre outros) e todos os pagamentos (compras à vista, pagamentos de duplicatas, pagamento de despesas e outros pagamentos) previstos para o dia, a semana e até para o mês, caso sejam parcelados.

O resultado do fluxo de caixa é o saldo disponível (no caixa ou conta bancária) apurado pela diferença entre o total do valor dos recebimentos e pagamentos efetivamente realizados em uma determinada data ou período.

Confira o passo a passo para elaborar um bom fluxo de caixa:

Passo 1. Faça o registro diário de entradas e saídas. Lance no “contas a pagar” e “contas a receber” os compromissos já assumidos e valores a receber, já conhecidos ou facilmente estimados.

Passo 2. Projete os pagamentos e recebimentos futuros. Estime despesas ainda não lançadas no “contas a pagar”, como: impostos, folha de pagamento, contas de água e luz.

Passo 3. Analise o saldo diariamente e em períodos futuros. Em situação deficitária, ou seja, negativa, tome decisão sobre necessidade de capital de giro. Em situação superavitária, positiva, pense em como investir e aplicar o recurso.

Mas atenção: o saldo de caixa não indica, necessariamente, que a empresa esteja tendo lucro ou prejuízo. O saldo final deve ser confirmado a cada dia.


Já leu nosso último post “Encante seus clientes com uma boa vitrine”? Confira aqui.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.