Encante seus clientes com uma boa vitrine

www.pexels.com

A vitrine é o primeiro canal de contato que o cliente tem com uma loja. Ela precisa encantar, atrair e convidar o cliente a entrar. Mais do que o cartão de visitas do estabelecimento, a vitrine é um dos principais recursos de comunicação com seu público-alvo.

Ela precisa chamar a atenção dos clientes de forma positiva. Itens expostos de forma errada, excesso de produtos e informações, luzes mal direcionadas, podem causar um efeito de retração e o cliente não ter vontade de entrar na loja. Com um espaço bem aproveitado e produtos bem-dispostos, a vitrine pode ampliar as chances de vendas.

Conheça abaixo algumas dicas para explorar bem esse espaço e conseguir resultados positivos:

Iluminação

A iluminação é importante para criar um espaço agradável e tem poder de transformar o clima, fazendo o cliente sentir-se confortável ou não. Ela pode valorizar um produto ou esconder suas qualidades.

As luzes do tipo dicroica (com refletor no seu interior) são as mais indicadas pela tonalidade de luz que emitem, um amarelo intenso que parece luz do sol, mas não tão forte, ressaltando as cores de tecidos e objetos. As luzes amareladas são mais usadas na decoração de vitrines em shoppings ou para serem ligadas no período noturno.

A luz branca é uma tonalidade de luz forte e por isso não é indicada para vitrine, a não ser que seja utilizada em vitrines altas em que a iluminação não se concentre em apenas um
 objeto. Neons, abajures e outros tipos de iluminação são soluções criativas para criar uma vitrine diferente.

Independente da sua escolha pela iluminação fique atento ao consumo de energia e sempre que possível procure as opções de LED, que são as mais econômicas.

Temas

Decorar a vitrine não é um trabalho fácil. Você deve sempre se colocar no lugar do consumidor e tentar imaginar o que poderia agradar. Você pode utilizar temas para montar sua vitrine que estejam associadas ao cenário atual, como estações do ano e datas comemorativas. As lojas de roupa costumam utilizar muito esses recursos.

Você pode ficar atento também aos acontecimentos que estejam “na moda”. Nas redes sociais, por exemplo, alguns assuntos ganham destaque rapidamente e espalham como o “assunto do momento”. Se o negócio com o que trabalha permitir, você pode aproveitar a ocasião para decorar sua loja com itens que remetam ao acontecimento. Mas fique atento, pois é preciso que seu público-alvo compreenda a mensagem ou poderá haver um ruído de informação e afastar seus clientes.

Seja qual for a temática escolhida, o objetivo é despertar a atenção das pessoas, apresentando seus produtos e serviços de forma atraente.

Elementos inusitados

Elementos diferentes também podem estar presente na sua vitrine. Dependendo do seu ramo de atividade, pode incluir elementos que chamem atenção e tenham a ver com seu negócio. Se for de roupas esportivas, por exemplo, pode colocar itens de esporte (mesmo que não venda estes itens); se você trabalha com música, pode colocar itens de homenagem a um artista específico; pode utilizar flores; móveis; cabides diferenciados. Basta usar a imaginação.

Os elementos podem estar no piso da vitrine, afixados na parede ou até mesmo suspenso, dependendo do tema e dos produtos que se quer evidenciar.

O uso de escadas também é uma opção na hora de montar um cenário diferente. Práticas e baratas, elas podem ser utilizadas para expor produtos, servir de inspiração para a colocação de manequins, além de poderem ser repaginadas (com cores novas) para a próxima ideia.

Texturas e materiais

Elementos com texturas ajudam a compor um visual diferenciado para a vitrine e para o ambiente da loja. O aspecto macio, liso, áspero, brilhante de uma superfície ajuda a chamar a atenção do cliente.

Entre as opções de texturas estão tecidos, pinturas, bolas, móveis de diferentes materiais, elementos naturais, como pedras e folhas ou recursos como grama artificial e outros elementos diversos. Basta utilizar a imaginação.

Você também pode trabalhar com a repetição de um determinado elemento ou produto, criando um cenário diferenciado e atrativo.

Tome muito cuidado para não exagerar ou poluir a vitrine com muitas informações. É importante comunicar descontos ou promoções, porém é preciso ficar atento na quantidade de itens expostos com descontos. O indicado é comunicar bem, sem ser exagerado ou apelativo.

Para garantir uma boa vitrine, faça um bom planejamento do que pretende destacar e quando utilizará os temas. Assim, se você tiver um orçamento restrito pode potencializar suas vendas para as datas mais importantes.

Você também pode procurar a ajuda de especialistas para garantir um bom melhor resultado para sua empresa.


Já leu nosso último post “Entenda se sua ideia de negócio é viável”? Confira aqui.