Ensine seu filho a ser empreendedor

iStock

Que tal ajudar seu filho a desenvolver habilidades para ser um empreendedor no futuro? Isso não significa que ele vá, obrigatoriamente, abrir uma empresa, mas ter capacidade de criar soluções, saber lidar com problemas e enxergar oportunidades.

Saiba que o empreendedorismo é algo que se desenvolve, então você pode trazer isso para seu filho enquanto ele ainda é uma criança. Em comemoração ao Dia das Crianças, elaboramos algumas dicas para que você possa praticar a cultura empreendedora em casa. Confira:

Envolva seu filho nos acontecimentos de casa

Você pode dividir com seu filho o que acontece em casa, sejam notícias boas ou ruins, de acordo com a idade dele. Não é para fazer com que ele fique preocupado com problemas, mas sim fazê-lo perceber que todos passam por alguma dificuldade e que sempre há uma solução.

Peça a opinião dele

Quando expor as dificuldades da casa peça para ele ajudar a encontrar soluções. Escute-o e leve sua opinião em consideração. Elogie o que for uma boa ideia e o que não for, não ria ou o deixe constrangido, explique o motivo de não ser uma boa ideia e parabenize-o pela participação, incentivando-o para que continue contribuindo.

Elogie as virtudes e estude os defeitos

Elogie as qualidades e virtudes do seu filho, mas também preste atenção às suas limitações. Não julgue ou brigue com ele por não conseguir realizar algo. Busque identificar o que está acontecendo, qual a dificuldade e ajude-o a gerenciar suas limitações. É preciso investigar a raiz do problema e buscar a solução.

Explique que o fracasso também faz parte

Grandes líderes e empreendedores fracassaram (a maioria, inúmeras vezes) até conquistarem o sucesso. Explique ao seu filho que a falha pode ser algo bom se alguma lição for aprendida. O certo é aprender com os erros para não os cometerem novamente. Ele precisa saber que ao longo da vida cometerá erros, que deverão ser enfrentados com maturidade e não desespero.

Ensine-o a se comunicar bem

A maioria das crianças atualmente têm dificuldade para se comunicar pessoalmente ou até mesmo por telefone, principalmente por conta do uso intenso das mídias sociais e mensagens de texto. Se comunicar bem é fundamental para boas relações profissionais e pessoais. Dê sempre o exemplo e ensine-o a falar devagar e claramente, mantendo o contato visual quando falar com alguém. Se possível, pratique a comunicação com ele por e-mail, não deixando que ele utilize abreviações e gírias nos textos, escrevendo frases gramaticalmente corretas e coerentes.

Deixe que ele aja sozinho

Estar sempre por perto pode gerar uma sensação de segurança constante e dependente. Quando possível deixe que seu filho tenha iniciativa e dê espaço para que ele faça algumas atividades sozinho. Isso vai criar nele um sentimento de independência e de autoconfiança.

Incentive a preocupação com o próximo

Faça que ele se preocupe com os outros, que tenha empatia e queira ajudar alguém. Isso irá permitir que seu filho seja humilde e perceba a importância de ajudar o próximo. As pessoas que contribuem para o sucesso dos outros se sentem mais satisfeitos e realizados.

Independente se seu filho será um empresário de sucesso ou um funcionário exemplar, desenvolver características empreendedoras fará com que ele se torne uma pessoa melhor. O seminário Empretec, por exemplo, ajuda a desenvolver essas habilidades, mas como ele é só para adultos, com as dicas já passadas, você poderá ter um filho mais feliz e confiante.


Já leu nosso último post “Mexa-se e aumente suas vendas”? Confira aqui.

Like what you read? Give Blog Sebrae ES a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.