Moda plus size: um segmento a ser explorado

www.pexels.com

Mais da metade da população brasileira adulta está acima do peso. E dessa parcela, 17,9% estão obesas, segundo dados da pesquisa Vigital (Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico). Essas pessoas demandam por roupas de tamanhos grandes e aquecem um nicho de mercado em expansão: o de moda plus size.

A procura por roupas desse tipo tem crescido e atualmente existem poucas empresas atuando no ramo, podendo se tornar uma possibilidade de negócio, especialmente para micro e pequenas empresas.

De acordo com pesquisa do Sebrae, 17,7% das lojas do varejo da moda do Brasil vendem roupas em tamanho grande, sendo que apenas 3,5% são especializadas em moda plus size. Segundo o estudo, 71% das pessoas que usam tamanho GG têm dificuldades para encontrar roupas nas lojas e 86% delas se dizem insatisfeitas com as opções de roupas para manequins grandes.

A pesquisa mostra também que a maioria do público tem dificuldades de comprar vestido de festa (59%), calças (56%) e lingerie (49%). Além disso, a maior parte compra roupas mensalmente (38%) em lojas de departamento, em sua maioria (52%).

Apesar dos números apontarem um nicho de mercado a ser explorado, os interessados devem ficar atentos, pois atuar nesse segmento exige uma compreensão sobre o público, suas necessidades, anseios, percepções e comportamentos. São pessoas que procuram não apenas uma roupa que atenda ao seu manequim, mas conforto por meio da costura, do corte, do tecido, sem deixar de lado a beleza da peça.

Você também pode segmentar ainda mais esse público e trabalhar com produtos direcionados, por exemplo: jovem, feminino, masculino, infantil, casual, festa, fitness, moda praia etc.

Se você se interessou pelo assunto e pretende atuar no mercado plus size, confira algumas dicas importantes:

Faça um plano de negócios

Elabore um plano de negócios para compreender a demanda em sua região, quem são seus clientes, concorrentes, fornecedores e quais as chances de sucesso do empreendimento.

Seja diferente

Para alcançar seu público-alvo, busque diferenciais. Apesar do número de empresas relacionadas a este segmento ser menor, é importante atrair e fidelizar seus clientes. Ofereça vantagens e benefícios exclusivos e tenha em mente que a moda plus size não deve ter o objetivo de disfarçar o excesso de peso, mas valorizar partes do corpo e ser confortável. Que tal ter à disposição um personal stylist?

Invista na moda

Aposte em peças com rendas, brilhos, cores e modelos que estão na moda. Fique atento às tendências para garantir que suas peças caminhem na mesma direção. Assine revistas especializadas, acesse blogs e sites de referência, busque estar sempre informado sobre o assunto. Cada vez mais bem resolvidas, mulheres desse nicho querem peças com mais charme.

Treine seus vendedores

Conhecer o produto ou serviço oferecido e saber lidar com clientes são atitudes fundamentais. Lembre-se que, mesmo quando um cliente vai até seu estabelecimento somente para olhar alguma promoção, o bom atendimento pode fazer a diferença para uma compra efetiva acontecer no momento ou futuramente e ainda indicar a empresa para outros clientes.

Se você se interessou pelo tema, pode dar uma olhada em outras informações no Papo de Negócios. Lá você encontrará outras dicas voltadas para a moda plus size.

Mas lembre-se: mesmo com um nicho de mercado em expansão e diversas informações sobre o segmento, é importante fazer um planejamento antes de iniciar o negócio. Contrate uma consultoria; busque outras informações em livros e fontes confiáveis; faça capacitações presenciais e online; busque instituições de apoio às empresas. Planeje-se, busque conhecimento e tire sua ideia do papel.


Já leu nosso último post “6 Dicas para vender mais em tempos de crise”? 
Confira aqui.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.