Não deixe a memória falhar


Não adianta dizer que não vai mudar, o tempo vem feito pedra, dura, pronta pra te rachar. Também não adianta dizer que não vai voltar atrás, o tempo é água, e no vai e vem da maré, traz de volta o que você jogou no mar. Não adiante, não adianta, é melhor esperar. Não enlouquece, deixa o tempo trabalhar.

Não me esqueça, não deixe a memória falhar.

Maio 28, 2017. Porto, Portugal.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.