Como perder também pode ser legal

Há pouco tempo ouvi uma frase que me fez refletir. Uma amiga me disse:

“Você acha legal ficar contando sobre as vezes em que se deu mal ou fez algo de errado? Assim as pessoas nunca te levarão a sério”

E não é que ela tinha razão?

Então resolvi que esse post não seria sobre histórias em que esse que vos escreve se enfiou em alguma enrascada, mas falemos sobre o comentário acima.

Acho que por desatenção eu não percebi que a perfeição predomina sobre todos os seres vivos da Terra. Por um momento me peguei pensando em como as pessoas só se dão bem e como elas só querem se dar bem. Meus pais sempre comentam sobre uma tal de Lei de Gerson e sempre que leio isso vejo como isso prejudica até hoje nosso país.

Como diz Dalai Lama:

“O segredo da felicidade está em como você encara seus problemas” (A arte da Felicidade).

Quem aqui nunca se deparou com uma dificuldade e achou que jamais fosse sair dela? E quem pensou que um dia fosse rir dela? 
Todos já enfrentamos problemas e situações embaraçosas e isso faz parte da existência de qualquer ser humano.

Não faça tempestade em copo d’água…

… transforme-as em chuva e chame seus amigos para dançar com você. Isso é o que aprendo cada vez que vejo bons humoristas. Não existem problema para esses caras, e isso não quer dizer que nenhum deles não tenha que acordar às 6 da manhã para trabalhar, estudar, perder horas no trânsito, voltar para casa à meia-noite e ainda ter tempo de ser assaltado. Todo mundo enfrenta problemas. Mas esses caras, como tantos outros, transformam isso em risada.

Eu escolhi transformar minhas frustrações em histórias e o observar como cada momento é único. Seja uma viagem onde tudo deu errado ou seja ganhando na Mega-Sena, a felicidade está em você e só depende de como a encara.

Se as pessoas vão ou não me levar a sério eu não sei, até hoje isso nunca foi um problema nas minhas vidas profissional e pessoal, e não faltam exemplos ao redor do mundo para mostrar que mesmo nas derrotas podemos tirar algum proveito.

Perder também pode ser legal

Por isso viva! 
Beba e fique sozinho uma vez. Entre na festa errada. Cometa gafes. Chore. Se arrependa de ter dormido com alguém. Viaje e conheça novos lugares (mesmo que não seja um lugar famoso). Experimente cervejas estranhas e ria disso depois. Faça uma maquiagem que te deixe horrível e transforme isso em piada. Desabafe e depois peça desculpas. Gaste todo seu dinheiro com um presente e chore por isso o ano todo, alugue centenas de filmes — não assista a nenhum e resmungue por isso depois. Cozinhe e erre no tempero. Tenha seu estilo de vida, seja entre amigos, parentes ou mesmo com seus animais de estimação.


Originally published at www.muchomacho.com.br on June 1, 2011.