Porque não preciso ser rico para ser feliz

De acordo com o posicionamento do planeta, concluí que preciso ser extremamente rico para poder atingir a felicidade plena em minha vida. Sinto a cada dia que preciso ser milionário e aí minha família terá orgulho de mim. Senti que preciso ter uma mansão e uma casa com 13 suítes, piscinas e saunas; e aí sim, todos saberão que sou Feliz e Bem sucedido.

Mas não, desculpe. Eu não tenho esse dinheiro. Eu não sou o Shawn Fanning, não fiz minha faculdade em Harvard e não sou um gênio da internet. Não sou o esteriótipo que trará dinheiro aos meus pais e amigos. Sou apenas um garoto suburbano cheio de idéias que podem, ou não, mudar algo em algum lugar. Não me importo se isso que escrevo mudará sua vida, me importo apenas com algumas palavras que ouvi de minha mãe:

“Aproveite cada dia como se fosse o último”. (Minha mãe)

O que isso me diz?

Depois de 29 edições e 2 anos e meio escrevendo para meu antigo blog, pela primeira vez eu senti dificuldade em contar alguma história bizarra da minha vida. Pensei, pensei e tentei imaginar o porquê disso.

Olhei por tudo o que já escrevi por aqui (porque no final eu acabo me enfiando em várias colunas nessa bagaça) e fui vendo o que me dava mais tesão em fazer, o triste é que percebi como as Desaventuras de um Cotidiano foram deixando um pouco de seu glamour pra trás.

Você escolhe e faz seu presente pensando, pelo menos um pouco, em seu futuro?

O tempo passa e as coisas mudam… ainda bem!

Com o tempo eu descobri

Que o tempo passa, as coisas mudam e algumas histórias permanecem. Mas a cada dia você as conta mais e realiza menos.

E aí, alguns dizem:

“Bons tempos, uma pena que tudo acaba.”

Será? 
E se hoje eu ainda dormisse em armários? 
E se eu ainda ficasse bêbado e corresse de pais armados?
Mas a vida anda pra frente…

…Deixe seus erros, suas ex-namoradas, medos e frustrações pra trás. 
Levante-se da cadeira e siga em frente.

Não sou rico: O que fazer?

Buscar, a todo custo, dinheiro e fama? 
Ser um garoto popular renegando suas origens?

Prefiro ser feliz do meu jeito, da forma como acho melhor. Afinal, procuro criar minha própria história. Pessoas diferentes possuem formas diferentes de viver, possuem crenças diferentes, opções sexuais distintas, gostos musicais, times, paladar e por que não Estilos de Vida?

Viva e aproveite cada dia pensando num amanhã melhor, sinta sua vida fluir e escreva seu próximo capítulo. Não se condene; faça e seja você mesmo, a história lhe mostrará algo que não poderás ignorar, mas…

“Acima de tudo, seja fiel a si mesmo…” (Willian Shakespeare — Hamlet)

Siga sua trajetória, sua vontade e seu estilo de vida…

Originally published at www.muchomacho.com.br on March 29, 2013.