Cara, você vai infartar!

Tudo pronto. Rock dos anos 80 tocando no fone (ou quando estou muito animado baladinha da jovem pan). Sempre que estou prestes a dormir, analiso o dia, faço planos que nunca irão acontecer etc e tal.

“Por que não fizeram do meu jeito? Por que não gostam das coisas que eu gosto?” O mundo não seria melhor se todos os nossos ideais e planos fossem os únicos? Não, seria uma tragédia.

Quando conhecemos algo ou descobrimos que a nossa ideia anterior era errada, queremos que o mundo se converta urgentemente e baixe a cabeça para as nossas convicções. Queremos fazer do mundo nosso “Pequeno e Grande Império Absolutista”.

O facebook transformou as nossas vidas em um inferno social, as pessoas não se divertem, não postam coisas idiotas. Até em pleno domingo de manhã tem gente brigando por política ou se é bolacha ou biscoito (claro que é biscoito).

cabrón desgraciado

Chegando ao mundo real essas pessoas não conseguem se familiarizar, porque ninguém quer falar em um barzinho sobre a situação política da Ásia Menor.

Sua avó está pouco se lixando se Marx está errado e Mises certo. Chegará um dia que o neoconservador será tão chato quanto um maconheiro participando da ceia de natal.

Pare de ser chato, relaxe, pegue leve. TU VAI MORRER CARA.