Texto redutor da dor de uma partida significativa

Na vida as vezes tomamos atitudes que são dolorosas mas necessárias. Saber navegar para longe daquilo que te atrapalha é um processo que dura dias até se naturalizar. Primeiro a gente se perde, tem medo, pensa em dar a volta e se atracar de novo naquele local que parece ser ótimo mas que aos poucos mostra as feras presentes nele. Cada navegante uma hora encontra seu porto né? Arrumei as minhas coisas e resolvi mais uma vez navegar em outras águas, não na expectativa de encontrar um outro porto, mas na certeza de que meu porto seja o mar.
Like what you read? Give Brenu Sodré a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.