A gente vai, volta, refaz o caminho, erra o caminho, para. A gente respira, pensa, repensa e recomeça. A gente pira, para e parece que tá tudo no lugar errado. Daí, a gente junta umas peças, elas se encaixam e você tenta de novo. Olha em volta, enxerga quem está ao seu lado, sente e segue. Ainda errando caminhos, refazendo rotas e tentando entender aonde chegaremos. Respira fundo. 1, 2, 3…recarrega as energias. E volta. Volta ao princípio, ao ponto de partida e segue, sempre.