Feliz ano novo

Tudo é novo. Apesar da sala não ser nova para mim, pois já a conhecia, ainda assim tem algo de novo por aqui. A mesa é nova. O computador é velho. A cadeira é nova. As luzes piscam de uma forma diferente por aqui.

O trabalho também não é novo. Apesar de, ao mesmo tempo, sê-lo. O que sei é velho, mas a força é nova. A vontade é nova. Os colegas são os velhos colegas de sempre. Mas as responsabilidades são novas, maiores. E tudo isso pode acabar logo ali.

Quando um ano que tem tudo para dar errado anuncia no décimo dia que tudo vai mudar, eu desconfio. Você não desconfiaria?

Faltam plantas na minha sala. E pessoas. E café.

Mas tudo bem. O ano apenas começou.

Like what you read? Give Bruna Leite a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.