Meus passos acelerados acompanhavam o ritmo das batidas do meu coração.
Nervosismo misturado com ansiedade.. levantei a cabeça e te vi em pé me esperando com cara de aflição.

Caminhamos juntas, as mãos entrelaçadas já mostravam que tudo ficaria bem.

"senta aqui" você apontava para que eu sentasse ao seu lado, foi o primeiro pedido que me fez depois que entramos no quarto. 
Meu nervosismo estampado na cara se misturava ao desejo que pairava no ar, enquanto conversava você não conseguia disfarçar o olhar que subia e descia nas minhas pernas fora do vestido.

Desejo.. resumia aquele momento
se inclinou e me beijou, 
eu tirei o vestido e você me olhou, olhou como se não acreditasse no que estava acontecendo e
eu vi teus olhos brilharem.

Senti meu coração acelerar com suas mãos em mim
teus lábios beijavam meu pescoço
e desciam brincando nas curvas do meu corpo.
os meus fantasmas começaram a aparecer mas eu os mandei embora "hoje não, hoje não" repeti algumas vezes para mim mesma e eles obedeceram.

Nua, entregue de corpo e alma

tua língua quente descobrindo os segredos do meu corpo, cada detalhe investigado por ela me fazia arrepiar, descarga de adrenalina me fez gemer alto e relaxar

~é hora da pausa~

Voltamos, beijos e carinhos

Intensidade. puxões de cabelo e mordidas pelo corpo, meus olhos viravam

Meu corpo dançava junto com sua mão em vai e vem sincronizado e eu rodopiava de prazer.. era incrível a sensação, meus gemidos agora menos tímidos ecoavam no silêncio do quarto.. deu tudo certo. 
Cuidado, desejo e afeto.

Era nosso amor ali, no seu íntimo.

Adormeci, poderia ficar ali pra sempre, teus braços me envolviam e eu tive certeza que eu estava exatamente onde deveria estar, aquele era meu lugar.

Ficou desenhado em mim e marcado pelos hematomas que ficaram, eu triscava neles pra ter certeza de que não sonhei acordada. Não foi um sonho, foi tudo real.